'Um dos maiores heróis americanos', diz Obama sobre Neil Armstrong

Presidente dos Estados Unidos manifestou pesar pela morte do ex-astronauta, neste sábado, aos 82 anos; segundo Obama, Armstrong mostrou 'o enorme poder de um pequeno passo'

iG São Paulo |

Reuters
Neil Armstrong durante cerimônia da Nasa, em Washington, nos Estados Unidos, em 2011

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, lamentou neste sábado (25) a morte de Neil Armstrong , um dos "maiores heróis americanos de todos os tempos", que mostrou ao país "o enorme poder de um pequeno passo" ao pisar na Lua em julho de 1969.

Leia mais: Morre Neil Armstrong, primeiro homem a pisar na Lula, aos 82 anos

TV iG: Assista a trecho da chegada de Neil Armstrong à Lua

Obama e sua mulher, Michelle, estão "profundamente tristes" pela morte de Armstrong, que faleceu aos 82 anos devido a complicações de uma cirurgia cardiovascular à que se submeteu neste mês, disse o líder em comunicado.

Relembre: Armstrong diz que havia apenas 50% de chance de pousar na Lua

Saiba mais: Conheça o 'verdadeiro' Programa Apollo

Leia também: Foto de 'coelhinha' que viajou com Apollo 12 é leiloada

"Neil estava entre os maiores heróis americanos, não só deste tempo, mas de todos os tempos", disse Obama. "Quando partiu com o resto da tripulação da Apollo 11 em 1969, levou com ele as aspirações de todo um país". "E quando Neil pôs seu pé sobre a superfície da Lua pela primeira vez, criou um momento de façanha humana que nunca será esquecido", acrescentou.

O presidente assegurou que o "espírito desbravador" de Armstrong "segue vivo em todos os homens e mulheres que dedicaram suas vidas a explorar o desconhecido, incluindo os que estão garantindo que cheguemos mais alto e vamos mais longe no espaço". "Esse legado permanecerá, iluminado por um homem que nos mostrou o enorme poder de um pequeno passo", enalteceu.

Leia mais: Pesquisa defende preservação do legado de astronautas na Lua

Imagens: Veja a evolução dos trajes espaciais usados por astronautas da Nasa

Obama acrescentou que os astronautas da Apolo 11 tentavam "demonstrar ao mundo que o espírito americano pode ver além do que parece inimaginável, que com a suficiente motivação e tecnologia, qualquer coisa é possível".

Mais repercussão

Edwin "Buzz" Aldrin, o segundo homem a pisar na Lua e ex-companheiro de Armstrong, também se manifestou após a confirmação da morte. "Estendemos nossas mais profundas condolências à Carol e a toda a família Armstrong pela morte de Neil. Ele fará muita falta", afirmou. Outro ex-companheiro de Armstrong, Michael Collins também reverenciou o amigo. "Ele foi o melhor, e eu vou sentir muito a sua falta."

Saiba tudo: Leia tudo sobre a trajetória de Neil Armstrong

No comunicado oficial assinado pela família de Armstrong, seus parentes pedem que a memória do ex-astronauta seja reverenciada por quem o admirava. "Para aqueles que eventualmente perguntarem o que podem fazer pela memória de Neil, temos um pedido simples. Lembrar seu exemplo de serviço, comprometimento e modéstia. E da próxima vez que andarem pela rua em uma noite e olharem a Lua sorrindo para vocês, pensem em Neil e deem uma ‘piscadinha’ a ele", diz o texto.

Nasa

A Agência Espacial Americana (Nasa) também lamentou a perda de Neil Armstrong, apontado como um "verdadeiro herói americano", além de um pilar da "próxima era da prospecção espacial" em que a agência entra agora. "Enquanto houver livros de história, Neil Armstrong estará neles, lembrado por dar o primeiro pequeno passo da humanidade em um mundo além do nosso", disse o administrador da Nasa, Charles Bolden, em comunicado.

O chefe da agência espacial americana manifestou suas "mais profundas condolências" à família do primeiro homem a pisar na Lua. "À medida que entramos na próxima era de exploração espacial, o fazemos apoiados em Neil Armstrong. Lamentamos a perda de um amigo, um companheiro astronauta e um verdadeiro herói americano", disse Bolden.

Com EFE e agências internacionais

    Leia tudo sobre: neil armstrongluaespaçoestados unidosEUAbarack obamamorteapollo 11

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG