Nasa adia lançamento de sondas espaciais por problemas técnicos

Questões técnicas dos foguetes adiaram para sábado o lançamento das sondas que vão estudar a radiação ao redor da Terra e as influências da atividade solar no planeta

EFE |

EFE

A Nasa adiou nesta sexta-feira (24) o lançamento do foguete Atlas V que poria em órbita duas sondas espaciais para o estudo da influência do Sol sobre a Terra e dos anéis de radiação que a cercam.

O lançamento no Cabo Canaveral (Flórida) estava programado para as 5h07 de Brasília, mas seis minutos antes, durante a revisão dos sistemas, foi detectado um problema técnico em um dos monitores das condições meteorológicas.

Com isso, o controle da missão decidiu adiá-la pelo menos até amanhã, e não espera que a tempestade tropical Isaac, que se dirige à Flórida, interfira no lançamento.

Leia:
Nasa lança sondas para analisar influência do Sol sobre a Terra
Vídeo: Sondas Voyager atravessam 'mar magnético' no espaço

Tempestades solares podem causar catástrofes mundiais
Nasa envia galinha de borracha ao espaço para estudar radiação solar

A missão é denominada RBSP(sigla para Radiation Belt Storm Probes, em tradução livre: Sondas da Radiação do Anel de Tempestade) que vai estudar os chamados Cinturões de Van Allen, a zona da magnetosfera na qual se concentram as partículas eletrificadas que dominam o Universo junto à atmosfera protetora da Terra. 

Os instrumentos das sondas proporcionarão as medições de que os cientistas necessitam para compreender não só a origem das partículas eletrificadas, mas também os mecanismos que dotam essas partículas de grande velocidade e energia.

As sondas  foram desenvolvidas para analisar a forma como o Sol, e em particular as tempestades solares, afeta o entorno terrestre em várias escalas de espaço e tempo. 

    Leia tudo sobre: espaçoeuanasasoltempestades solaresmagnetismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG