Soprano Sarah Brightman é cotada para ser a próxima turista espacial

De acordo com agência de notícias russa, país estaria se preparando para retomar voos de civis à ISS após suspensão do programa em 2009

EFE |

EFE

Getty Images
Sarah já teria sido aprovada para o curso de preparação para o voo e faria sua viagem em 2015

A soprano, atriz e dançarina britânica Sarah Brightman poderá se transformar na próxima turista espacial, afirmou nesta quarta-feira (22) uma fonte da indústria espacial russa.

"Em aproximadamente um mês será anunciado oficialmente o nome da próxima turista espacial, que, segundo as previsões, voará à ISS (Estação Espacial Internacional) em 2015", disse a fonte à agência russa Interfax.

Leia também:
Turistas espaciais poderão dar a volta na Lua em 2017
Turismo espacial pode significar grande salto para pesquisadores
Richard Branson inaugura aeroporto espacial comercial nos EUA
Empresa russa quer criar 'hotel espacial' até 2016

De acordo com a mesma fonte, Sarah, que acaba de completar 52 anos, já teria realizado alguns testes prévios e foi considerada apta para dar início ao curso de preparação no Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin, situado nos arredores de Moscou.

No último mês de março, o diretor da Roscomos, a agência espacial russa, Vladimir Popovkin, declarou que a Rússia poderia retomar em 2014 o programa de turismo espacial que iniciou em 2001.

Os voos turísticos à ISS a bordo das naves russas Soyuz, suspensos em 2009, foram organizados pela companhia Space Adventures (SA).

No período em que esteve ativo, o programa da Roscomos levou à ISS sete turistas espaciais, os quais pagaram entre US$ 20 milhões e US$ 30 milhões pela viagem. O americano Denis Tito (2001) foi o primeiro a viajar ao espaço, seguido do sul-africano Mark Shuttleworth, também conhecido como "afronauta" (2002), e do norte-americano Gregory Olsen (2005). A americana de origem iraniana Anousha Ansari foi a primeira mulher a realizar essa viagem, realizada em 2006. Depois, vieram o americano Charles Simonyi (2007) e Richard Garriott, filho do ex-astronauta Owen Garriott (2008). Simonyi, que já havia feito a viagem em 2007, voltou a repetir essa experiência em março de 2009, enquanto o fundador do "Cirque du Soleil", o canadense Guy Laliberté , foi o último a se alojar na ISS, onde dirigiu um espetáculo para alertar ao mundo sobre o problema da escassez da água. 

    Leia tudo sobre: issespaçoturismo espacial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG