Curiosity faz seu primeiro passeio-teste por Marte

Jipe-robô andou por três metros no solo da cratera onde pousou no início do mês. Escritor de ficção científica Ray Bradbury ganhou homenagem da Nasa

iG São Paulo | - Atualizada às

O jipe-robô Curiosity da Nasa, que chegou a Marte no dia 6 de agosto, fez seu primeiro passeio-teste nesta quarta-feira (22) pela cratera Gale, onde pousou e onde ficará por toda sua missão de dois anos.

O robô andou por cerca de três metros, fez uma curva à direita, dar ré e estacionar um pouco mais à esquerda do ponto onde pousou. O pequeno trajeto, que durou cinco minutos, mostrou que o sistema de locomoção do Curiosity está funcionando perfeitamente e o solo da cratera é firme e estável, disse Matt Heverly, um dos responsáveis pelo projeto do robô durante a entrevista coletiva no JPL, na Califórnia. Veja o vídeo:

Os sistemas e equipamentos do robô continuam sendo checados. Até agora, apenas o sensor de vento do robô foi danificado no pouso, mas os cientistas acreditam que um segundo sensor, que está funcionando perfeitamente, dê conta das medições necessárias. Veja no infográfico todos os instrumentos a bordo do Curiosity.

Dentro de uma semana, o grupo responsável pelo Curiosity vai continuar a checagem de outros equipamentos, e depois começam os preparativos para um passeio maior: serão 140 metros até o ponto chamado pelos cientistas de Glenelg, uma intersecção de três tipos de terreno. Ali o robô fará sua primeira perfuração e testará os sistemas de coleta e análise de amostras.

Veja também:
Curiosity estreia seu laser
Curiosity testa com sucesso seu braço robótico
Instrumentos do Curiosity começam a funcionar
Curiosity pousa com sucesso em Marte
Veja outras imagens de Marte
Veja as imagens que o Curiosity já mandou
'Jeitinho brasileiro me ajudou', diz executivo de missão da Nasa
Missão revela galã de moicano da Nasa 
Músicas de Beatles e The Doors são tocadas para acordar robô em Marte

Homenagem a Bradbury
A equipe do JPL também anunciou nesta quarta-feira que o local do pouso do Curiosity em Marte foi batizado como Bradbury, em homenagem ao escritor de ficção científica Ray Bradbury , que faria 92 anos hoje. O autor de “As Crônicas Marcianas” era fã do trabalho da Nasa no planeta vermelho e faleceu em junho deste ano.

(Com informações da AP)

    Leia tudo sobre: curiositymartenasaespaço

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG