Cientistas sequenciam genoma do melão

Conhecimento do código genético vai permitir desenvolver variedades mais resistentes a pragas

EFE |

EFE

Getty Images
Trabalho observou o processo de amadurecimento do melão, durante o qual são definidas características como o gosto e o aroma

Cientistas espanhóis de nove centros de pesquisa públicos e privados obtiveram o genoma completo do melão, o que permitirá avançar no aprimoramento genético desta espécie para produzir variedades mais resistentes às pragas.

Segundo informou em comunicado o Conselho Superior de Pesquisas Científicas (CSIC, na sigla em espanhol) da Espanha, os pesquisadores demonstraram que o melão tem um genoma com 450 milhões de pares e 27.427 genes.

"Identificamos 411 genes no melão que podem ter a função de proporcionar-lhe resistência a doenças. São muito poucos e, apesar disso, o melão tem uma grande capacidade de adaptação a diferentes ambientes", ressalta um dos responsáveis pelo trabalho, o cientista do CSIC Pere Puigdomènech.

Leia também:
Tomate tem seu genoma sequenciado
Especial 10 anos do Genoma
Genoma do carneiro mostra sua versatilidade
Pesquisadores brasileiros sequenciam genoma do boi nelore
Descoberta do código genético da batata permitirá criar novas variedades
Sequenciamento genético do cacau melhorará a produção
Pesquisadores mapeiam maior parte do genoma do peru
Britânicos sequenciam genoma do trigo

O grupo de trabalho, liderado também por Jordi García Mas, do Instituto de Pesquisa e Tecnologia Agroalimentar (IRTA) da Catalunha, pôde sequenciar, a partir do genoma completo do melão, os genomas de sete variedades diferentes.

"O conhecimento do genoma e dos genes relacionados com características de interesse agronômico permitirá avançar no aprimoramento genético desta espécie para produzir variedades mais resistentes a pragas e com melhor qualidade organoléptica", assinala García Mas.

O trabalho observou o processo de amadurecimento da fruta, durante o qual são definidas características como o gosto e o aroma. Assim, foram identificados 26 genes relacionados com o acúmulo de carotenos - que dá cor à polpa do melão - e 63 com o acúmulo de açúcar - que define o sabor domelão -, dos quais 21 não estavam descritos anteriormente. E

    Leia tudo sobre: genéticamelãosequenciamentogenoma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG