Medida Provisória destinou verba para reconstruir base brasileira no continente que se incendiou em fevereiro. Senado ainda precisa aprovar

Estadão Conteúdo

selo

Estação Comandante Ferraz pegou fogo em fevereiro deste ano
AP
Estação Comandante Ferraz pegou fogo em fevereiro deste ano

A Câmara dos Deputados aprovou uma Medida Provisória que destina R$ 40 milhões para a reconstrução da base brasileira na Antártida. O projeto segue agora para a análise do Senado.

A Estação Comandante Ferraz foi destruída por um incêndio em fevereiro deste ano. Dois militares morreram na ocasião. A manutenção de uma base no continente é uma exigência de tratado assinado pelo Brasil para poder participar das discussões e decisões sobre o futuro da Antártida. A base brasileira serve ainda para a realização de pesquisas.

Leia também:
Fogo na Estação Comandante Ferraz deixa dois mortos 
70% da estação na Antártida foi destruída pelo fogo, diz Marinha
Acidente expõe crise do programa brasileiro, diz pesquisador
Corpo de militar morto em incêndio na Antártida é sepultado no Rio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.