China anuncia primeira missão tripulada para acoplar nave a módulo espacial

Três tripulantes, possivelmente incluindo a 1ª astronauta chinesa, acoplarão neste mês Shenzhou 9 a Tiangong 1, lançado em setembro. Essa será a 4ª missão tripulada da China

iG São Paulo | - Atualizada às

A agência espacial da China anunciou neste sábado que lançará astronautas neste mês para realizar a primeiro acoplagem tripulada do país, o passo mais recente do ambicioso plano chinês de exploração espacial. Três astronautas, entre os quais possivelmente estará uma mulher (a primeira viajante espacial da China), realizarão a primeira missão orbital chinesa com um módulo experimental.

Estratégia espacial:  China prevê construção de estação espacial até 2020

AFP
Foguete contendo o módulo espacial Tiangong-1 foi lançado de base no deserto de Gobi em 29 de setembroem

Avanço: China lança o primeiro módulo de sua estação espacial
Vídeo:  China realiza acoplamento inédito de naves espaciais

O foguete Longa Marcha 2F, com a nave Shenzhou 9 ("Nave Divina"), foi levado à plataforma de lançamento de Jiuquan, no deserto no noroeste do país, neste sábado para o voo, que será realizado em meados de junho, disse a agência Xinhua (Nova China) citando um porta-voz do programa espacial.

Durante o voo, um dos três tripulantes ficará a bordo da Shenzhou 9 "com uma medida de precaução em caso de emergência", enquanto os outros entrarão no módulo orbital Tiangong 1 ("Palácio Celeste"),  lançado em setembro do ano passado . A ideia é que os três tripulantes vivam no local. O governo não anunciou por quanto tempo a missão durará.

"Atualmente, todos os preparativos para uma ligação entre o módulo Tiangong-1 e a Shenzhu 9 com pessoas a bordo têm um bom desenvolvimento", disse a Xinhua.

Niu Hongguang, vice-comandante-chefe do programa espacial tripulado, disse que a tripulação "pode incluir astronautas mulheres", segundo a Nova China. Em 2010, o governo disse que duas pilotos da Força Aérea haviam entrado no programa espacial, mas não revelou mais detalhes.

Leia mais:
Nave chinesa Shenzhou-8 volta à Terra
China fará viagem espacial tripulada em 2012
China planeja pisar pela primeira vez na Lua em 2025
China anuncia nova área para construção de foguetes
Vídeo: China lança sonda lunar

O programa espacial chinês fez um firme progresso desde o lançamento em 2003, que tornou o país o terceiro a colocar um homem no espaço. Até 2008, houve mais duas missões tripuladas, sendo que uma delas incluiu uma caminhada espacial.

A China completou seu primeiro encontro espacial em novembro, quando a missão Shenzhu 8 permitiu que a  não tripulada Shenzhou 8  se acoplasse a Tiangong 1 por controle remoto. O voo anterior chinês, o Shenzhu 7, aconteceu em setembro de 2008.

A China programou duas missões de acoplamento para este ano e planeja completar uma estação espacial tripulada até 2020 para substituir a Tiangong 1. Com cerca de 60 toneladas, a estação chinesa será consideravelmente menor do que a Estação Espacial Internacional , de 16 nações.

Pequim lançou seu programa para um estação espacial independente depois de ter sido rejeitada pela Estação Espacial Internacional, amplamente por causa de objeções dos EUA. Washington tem receio de vínculos militares do programa e não quer compartilhar tecnologia com um rival econômico e político.

*Com AP e AFP

    Leia tudo sobre: chinaespaçoprograma espacial chinêsiss

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG