Lançamento da cápsula espacial Dragon é abortado

Nasa indicou que uma primeira revisão dos sistemas mostrava uma pressão muito alta na câmara de um dos motores do foguete

EFE |

A primeira tentativa da empresa privada Space Exploration Technologies (SpaceX) de enviar uma cápsula de reabastecimento à Estação Espacial Internacional (ISS, em inglês) voltou a ser suspensa neste sábado, quando já fora feita a contagem regressiva para o lançamento do foguete Falcon 9.

Leia mais:
Corrida espacial muda de foco e gera negócios
Nasa contrata empresas para desenvolver táxi espacial comercial
Nasa quer "táxis" para a Estação Espacial
Vídeo: empresas particulares iniciam 'nova era espacial'

AP
Contagem regressiva para lançamento do foguete Falcon 9 foi feita, mas missão foi abortada
A Nasa indicou que uma primeira revisão dos sistemas mostrava uma pressão muito alta na câmara de um dos motores do foguete. O lançamento, que já foi postergado duas vezes no último mês, foi inicialmente reprogramado para 22 de maio.

Infográfico: como voa um ônibus espacial

A cápsula deveria partir de Cabo Canaveral, no sul da Flórida, para acoplar-se quatro dias depois à ISS, a 385 quilômetros da Terra.

Infográfico: conheça os ônibus espaciais


A Nasa concluiu no ano passado o programa das naves, com o qual durante 30 anos realizou suas missões espaciais e com o qual abastecia periodicamente a ISS. A agência outorgou à empresa SpaceX um contrato de US$ 1,6 bilhão para uma dúzia de missões de suas cápsulas Dragon.

    Leia tudo sobre: voo espacial comercialestados unidosissspacex

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG