Foguete japonês H-2A lança seu primeiro satélite estrangeiro

Foi a primeira vez que a agência espacial japonesa lançou um satélite comercial de outro país

AFP |

O foguete japonês H-2A decolou na noite desta quinta-feira (17) para lançar ao espaço um satélite sul-coreano, sua primeira missão comercial para um cliente estrangeiro, segundo as imagens exibidas ao vivo pela Agência Espacial Japonesa (JAXA).

O êxito da missão permitirá que os japoneses se qualifiquem para entrar no mercado de lançamento de satélites de outros modelos, em seu próprio país ou até em outros lugares.

Leia mais:
Fracasso da missão a Vênus causa novo revés ao Japão

Japão planeja enviar robô humanoide ao espaço
Nave espacial japonesa capturou poeira de asteróide
Japão lança satélite espião em foguete de fabricação nacional

O lançador deixou a base japonesa de Tanegashima (sul) na sexta-feira às 1H39 no horário do Japão (quinta-feira às 16H39 GMT), como planejado.

"O foguete efetuou seu voo de acordo com a trajetória programada", afirmou um controlador da JAXA.

A separação do satélite KOMPSAT-3 foi confirmada cerca de 16 minutos após a descolagem, bem como a de mais três satélites japoneses também transportados, momentos depois.

O satélite sul-coreano KOMPSAT-3 (Coreia Multipurpose Satellite-3) foi projetado para capturar imagens de alta resolução da Terra. Ele deve assumir as funções das versões anteriores de baixo desempenho KOMPSAT-1 e KOMPSAT-2.

Suas fotografias serão utilizadas para aplicações geográficas, ambientais, agrícolas e oceanográficos.

O foguete colocou em órbita o Shizuku, um satélite semi-público japonês de observação de mudanças ambientais, e dois satélites nipônicos experimentais.

Depois de ter sido desenvolvido pela JAXA, o H-2A foi projetado e operado pelo grupo industrial Mitsubishi Heavy Industries (MHI), em abril de 2007. O MHI quer ocupar um maior espaço no mercado de lançamento comercial internacional, dominado pelos europeus, russos e americanos.

    Leia tudo sobre: voo espacial comercialjapãosatélite

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG