Estudo descobre que elefantes desenvolveram osso de apoio na pata

Cientistas afirmam que há 55 milhões de anos, paquidermes eram menores e tinham patas achatadas

The New York Times |

John Hutchinson via The New York Times
Os pés dos elefantes parecem sólidos, mas elefantes ficam mais nas pontas dos pés, como cães, graças ao dedo falso
As patas dos elefantes podem se parecer sólidas e achatadas na base, porém, esses animais andam na pontas dos dedos, de modo semelhante a cães. Pesquisadores relatam agora que, no decorrer de 15 milhões de anos, os elefantes desenvolveram um sexto dedo na pata que fica no centro da camada de material gorduroso e que serve de apoio para a parte posterior da pata e permite que eles fiquem na ponta dos dedos.

"Há aproximadamente 55 milhões de anos, os primeiros elefantes tinham as patas achatadas", afirma John Hutchinson, biólogo da Faculdade Real de Veterinária, em Londres e primeiro autor do estudo publicado na revista Science.

Esses primeiros elefantes eram relativamente pequenos, aproximadamente do tamanho de porcos e, segundo Hutchinson, suas patas "provavelmente não tinham lugar para as grossas camadas de gordura que os elefantes possuem hoje".

Leia mais:
Estudo mostra que elefantes aprendem rápido e sabem cooperar
Fotos mostram resgate dramático de elefantes presos na lama
Estudo: Elefantes são "engenheiros" que ajudam na biodiversidade
A rede social do elefante asiático

As evidências fósseis dos primeiros elefantes esses dedos falsos remonta a aproximadamente 40 milhões de anos, no mesmo período em eles começaram a aumentar de tamanho e a ocupar hábitats terrestres mais diversificados.

Os falsos dedos foram descobertos pela primeira vez há 300 anos por Patrick Blair, um cirurgião escocês. Outros cientistas especularam que o anexo seria feito de cartilagem, e não de ossos.

Contudo, Hutchinson descobriu que os falsos dedos na verdade deixam de ser cartilagens, transformando-se em ossos ao longo de 20 a 40 anos. Conforme os elefantes ficam mais velhos, eles necessitam do apoio adicional que a cartilagem calcificada, ou osso, pode oferecer.

    Leia tudo sobre: elefantesanimais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG