Lula pede antecipação de benefícios às vítimas no Nordeste

Presidente quer antecipar o pagamento do BPC aos portadores de deficiências ou idosos atingidos pelas chuvas

AE |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou nesta segunda-feira ao ministro da Previdência, Carlos Gabas, que estude uma forma para antecipar o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) aos portadores de deficiências ou idosos atingidos pelas chuvas dos últimos dias em Alagoas e Pernambuco. Pediu também estudo para a antecipação das aposentadorias rurais naquelas regiões.

O Planalto também quer que as ações que estão sendo desenvolvidas pelo governo federal para atendimento às vítimas das enchentes sejam acompanhadas, e determinou nesta segunda que o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Jorge Armando Félix, retorne na terça-feira para os dois Estados. Segundo o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, o presidente quer que sejam criados comitês de acompanhamento.

Padilha informou que já foram liberados R$ 275 milhões para cada um dos Estados atingidos e que o presidente pediu que parte dos recursos sejam empregados na contratação de frentes de trabalho para atuar na reconstrução das áreas destruídas e na qualificação de profissionais para trabalhar nestes locais.

O ministro de Relações Institucionais disse ainda que o presidente quer a utilização do programa Minha Casa Minha Vida para beneficiar as pessoas que perderam suas moradias, inclusive nas cidades com menos de 10 mil habitantes. O Planalto quer também que seja acelerado o repasse de recursos para créditos via Banco do Brasil e Banco do Nordeste do Brasil, além da Caixa Econômica Federal, que já estaria atuando na região desde a semana passada.

    Leia tudo sobre: chuvaspernambucoalagoasbenefícios às vítimas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG