Governo vai editar medida provisória para desabrigados da chuva

Chuvas em Alagoas e Pernambuco já provocaram a morte de 30 pessoas e deixaram milhares de desabrigados

iG São Paulo |

AE
Rua devastada em função da enchente na cidade de Palmares, na Zona da Mata Sul de Pernambuco
O governo federal vai liberar recursos para prestar socorro aos desabrigados em Alagoas e Pernambuco, vítimas de enchentes causada pela chuva que atinge os dois Estados desde a última quinta-feira. O anúncio foi feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em seu programa de rádio Café com o Presidente nesta segunda-feira.

“Ontem [domingo] à noite eu conversei com o governador de Alagoas [Teotônio Vilela Filho], conversei com o governador de Pernambuco [Eduardo Campos], certamente eles irão hoje a Brasília para que a gente possa conversar [sobre] a medida provisória para liberar recursos para tentar evitar um mal maior”, afirmou Lula.

30 mortes

As chuvas já deixaram 30 mortos - 19 em Alagoas e 11 em Pernambuco. Segundo a Defesa Civil, cerca de 53 mil pessoas estão desabrigadas, mais de 5 mil estão desalojadas e pelo menos 829 casas foram destruídas nas 21 cidades alagoanas atingidas pela forte chuva. Em Pernambuco, dos 181 municípios do Estado, 49 sofreram com os efeitos das precipitações. Destes, treze decretaram situação de emergência e nove, estado de calamidade. Mais de 14 mil pessoas estão desabrigadas e outras 15 mil estão desalojadas. Há onze mortes confirmadas e duas pessoas continuam desaparecidas.

O presidente disse que espera o tempo melhorar para dar início ao trabalho de recuperação de casas, pontes, estradas e para limpar as cidades. Ele informou que a Aeronáutica montará um hospital de campanha em Palmares (PE) para prestar atendimento às pessoas que precisam do hospital da cidade, que foi totalmente alagado.

 (*com informações da Agência Brasil)

    Leia tudo sobre: chuvasPernambucoAlagoas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG