Corpo de bebê é localizado e sobe para 9 o número de mortos em PE

Chuvas já deixaram mais de 200 pessoas desalojadas no Recife. No Estado, número passa dos 6 mil

iG São Paulo |

Tem informações sobre a chuva em Pernambuco? Envie ao iG

Homens do Corpo de Bombeiros localizaram no começo da tarde desta sexta-feira o corpo do bebê Samuel Vitor de Andrade, de nove meses, que estava soterrado desde o final da tarde de quinta-feira, após o deslizamento de uma barreira no Córrego do Curió, bairro de Dois Unidos, zona norte do Recife, Pernambuco. O corpo do bebê foi localizado debaixo dos escombros da casa onde ele morava, que ficou totalmente destruída. Com a morte confirmada, sobe para oito o número de mortos no Recife por causa das chuvas. Outra morte foi registrada na cidade de Cortes, no sul de Pernambuco.

AE
Jovem chora após o resgate do corpo de seu irmão, o bebê Samuel Vitor de Andrade

No mesmo local em que morreu o bebê foi registrada a morte de um homem, ainda não identificado. A ocorrência mais grave, porém, aconteceu às 21h30, junto ao Córrego do Sargento, na Linha do Tiro, zona norte da cidade, e matou cinco pessoas da mesma família. Morreram as irmãs Cristiane de Andrade Costa, de 12 anos; Luana Marques da Fonseca, 9 anos; e Eduarda de Andrade Costa, 3 anos; a mãe delas, Mauricéia de Andrade, e o pai, cujo nome não foi informado.

Outra vítima foi uma criança, de um ano e seis meses de idade, que morreu soterrada em Alvo da Esperança.

Em razão das consequências da chuva, a prefeitura decretou estado de alerta máximo no Recife. A medida será publicada no Diário Oficial do Município no sábado. Com o alerta, todas as secretarias e órgãos vinculados às ações de Defesa Civil passam a ter como prioridade atender às necessidades decorrentes das chuvas.

Chuva na madrugada

Somente na madrugada, a Defesa Civil registrou 36 deslizamentos de terra. Desde as 15h de quinta-feira até as 9h desta sexta, choveram 123 milímetros na cidade do Recife, o que representa 31% do esperado para todo o mês de junho. A Coordenadoria de Defesa Civil do Recife (Codecir) registrou dois alagamentos na cidade durante a madrugada.

Até o momento, 255 pessoas estão desalojadas e foram encaminhadas a cinco abrigos municipais. No Estado, segundo o balanço da Defesa Civil, 31 municípios foram atingidos pelas chuvas nos últimos dias, o que deixou 6.275 mil pessoas a deixarem suas casas.

No total, 829 moradores estão desabrigados e outros 5.449, desalojados. As áreas mais atingidas são Recife e a região metropolitana. Segundo classificação da Defesa Civil, desabrigados são pessoas que perderam tudo e precisam dos abrigos públicos, e desalojados, aquelas que podem contar com ajuda de vizinhos e familiares.

Entre quinta-feira e o meio-dia de hoje, a Coordenadoria de Defesa Civil do Recife (Codecir) registrou 228 ocorrências, sendo 59 solicitações de lonas plásticas, 148 pedidos de vistorias e 13 registros de deslizamentos. Além disso, foram registrados danos em seis imóveis e em dois muros. Até o momento, 255 pessoas estão desalojadas na capital pernambucana.

    Leia tudo sobre: chuvasrecifedeslizamentos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG