Caminhão do Exército tomba durante auxílio a vítimas

Militares tentam recuperar o acesso entre Água Preta e Barreiros e auxiliam a população

Ricardo Galhardo, enviado a Palmares e Água Preta (PE) |

Um contingente de 90 homens e seis caminhões do Batalhão de Engenharia de Engenharia do Exército de Natal (RN) está desde a manhã desta quarta-feira na Zona da Mata pernambucana auxiliando as vítimas das enchentes na região. Durante o deslocamento, um dos caminhões escorregou na pista enlameada da BR-096, entre Água Preta e Barreiros, e caiu na ribanceira.

Os homens do Exército partiram de Natal na terça-feira mas tiveram que passar a noite em Palmares. As ruas centrais da cidade estavam intransitáveis devido aos entulhos e lama levados pela enxurrada, a ponte principal que atravessa o Rio Uma foi arrastada pela correnteza e os veículos tiveram que esperar até a prefeitura de Palmares desobstruir as passagens.

O objetivo principal do Exército na região das enchentes é recuperar o acesso entre Água Preta e Barreiros. As duas cabeceiras da ponte que atravessa o Uma foram danificadas pela enchente. O Batalhão de Engenharia levou uma ponte móvel do tipo “bailay”, geralmente usada em operações de guerra, para recuperar o acesso provisoriamente.

Apesar disso os soldados ajudaram de várias outras formas a população local, auxiliando pessoas que chegavam de Recife com mantimentos para os parentes nas cidades afetadas, carregando caixas de comida, galões de água e até bicicletas.

“É dignificante para o Exército poder apoiar esta população necessitada”, disse o capitão Juliano Augusto Farias Leite.

Com experiência nas enchentes no Maranhão em 2004, ele afirma nunca ter visto nada parecido. “Não dá para comparar isso aqui com nada que eu tenha visto até hoje”, disse o capitão, enquanto um guincho do próprio Exército içava o caminhão tombado na beira da rodovia.

Os militares iniciaram os trabalhos de montagem da ponte móvel na quarta-feira à tarde. A previsão é atravessar a noite trabalhando com a ajuda de um gerador elétrico e restabelecer o tráfego na BR-096 até a manhã de quinta-feira.

    Leia tudo sobre: chuvaspernambucomortosenchentes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG