Apagão afeta abastecimento de água e agências da Caixa em PE

Balanço mostra que blecaute afetou distribuição de água para cidades do Agreste, da Zona da Mata e da região metropolitana

Renata Baptista, iG Pernambuco |

Alguns municípios de Pernambuco ainda estão sofrendo efeitos do apagão que atingiu sete Estados do Nordeste na madrugada desta sexta-feira. Foram detectados problemas no abastecimento de água e em agências da Caixa Econômica Federal.

De acordo com a Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento), um balanço prévio mostra que o blecaute afetou a distribuição de água para cidades do Agreste, da Zona da Mata e da região Metropolitana do Recife. No Sertão, foram registrados pequenos problemas localizados.

O problema foi causado em função da paralisação da Estação Elevatória de Água Bruta do Sistema Pirapama, que atualmente bombeia 2.500 litros de água por segundo. Sem o funcionamento dessa elevatória, o Sistema Pirapama, que é integrado ao Sistema Tapacurá, ficou sem condições de operar e deixou de atender vários bairros da região metropolitana.

Em Limoeiro, cerca de dois terços da vazão do sistema de abastecimento foram afetados com o blecaute da madrugada. Já a cidade de Bezerros está completamente sem abastecimento.

A previsão da Compesa é que o problema será sanado ainda hoje, com a normalização do abastecimento de água a todas as regiões do estado.

Já na Caixa Econômica Federal, foi verificada uma indisponibilidade no sistema das agências em todo o Estado na abertura do expediente, na manhã desta sexta-feira.

A instituição, por meio da assessoria de imprensa, não apontou o blecaute como responsável pelo problema, e informou que, gradativamente, as operações estavam sendo normalizadas. Loterias e caixas eletrônicos funcionaram normalmente.

    Leia tudo sobre: apagão no nordesteblecautepernambuco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG