Sobe para 255 o número de mortes causadas pelas chuvas no Rio

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro informou neste sábado que subiu para 255 o número de mortes causadas pelas chuvas que atingiram o Estado.

iG São Paulo |


Entre as 255 mortes, 167 aconteceram em Niterói, 68 na capital e 16 em São Gonçalo. Os municípios Engenheiro Paulo de Frontin, Magé, Nilópolis e Petrópolis registram uma morte cada um.

Neste sábado, um grupo de moradores do Morro do Bumba, em Niterói, e de outros morros do Rio, fez um protesto contra o descaso das autoridades com os moradores de favelas.

Para o protesto, um barraco enlameado foi montado nas areias da praia de Copacabana. O casabre foi feito com escombros recolhidos de oito comunidades do Rio e de Niterói que sofreram desmoronamentos na última enchente.

AFP
Moradores de morros fazem protesto em Copacabana

Moradores de morros fazem protesto em Copacabana

Dentro da casa, foram colocados objetos que restaram de casas soterradas entre os dias 5 e 6, como o material escolar de uma criança que morreu na tragédia. Na parede, um relógio quebrado marcava a hora exata em que um barraco desabou.

O ato, organizado pelo Movimento Rio de Paz, teve a intenção de sensibilizar a Prefeitura e o governo do Estado para a prioridade de uma política habitacional nas obras que irão preparar a cidade para os Jogos Olímpicos de 2016.

Com AE

Dramas e relatos

Leia também:

Leia mais sobre: chuvas

    Leia tudo sobre: chuvasrio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG