Prefeitos do Rio e de Niterói reagem de forma diferente à tragédia das chuvas

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o de Niterói, Jorge Roberto Silveira, estão tendo comportamento diferente em relação à tragédia provocada pelas chuvas nesta semana nas duas cidades, as mais afetadas no Estado. O governador também.

iG Rio de Janeiro |

Ao contrário do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e do prefeito de Niterói, o prefeito carioca está publicamente à frente dos trabalhos, não se furtando a aparecer nos locais da tragédia e em reuniões com a imprensa e com representantes dos órgãos públicos.

Na terça-feira, logo no início da manhã, Eduardo Paes apareceu conclamando os moradores da cidade a não sairem de casa. Ele participou de diversas reuniões com o secretariado e deu três coletivas para a imprensa com representantes dos órgãos envolvidos: à tarde, à noite e na madrugada. Também vistoriou alguns lugares atingidos. Nesta quinta de manhã, por exemplo, ele foi conferir a situação no  Morro dos Prazeres, em Santa Teresa, no Centro - ele anunciou que a favela no local deve ser removida.

Marcio Marques
O prefeito Eduardo Paes acompanha o trabalho dos bombeiros em Santa Teresa 

Já o prefeito de Niterói, a cidade mais atingida pelas chuvas, só veio a público na quarta-feira. Ele se justificou dizendo ter ficado o dia inteiro no gabinete articulando a atuação do seu secretariado.

Na terça, o governador do Rio só foi visto no hotel Copacabana Palace, o mais famoso do país, ao se encontrar brevemente com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O governador criticou a "irresponsabilidade e demagogia" de governantes que permitiram a ocupação de áreas de risco pela população pobre. Na quarta, ele se encontrou com o ministro da Integração Regional na prefeitura de Niterói e participou de uma reunião com Paes no Rio.

Quando há tragédias envolvendo a população, Sérgio Cabral não costuma aparecer com agilidade nos locais afetados. No início deste ano, por exemplo, ele demorou mais de um dia para ir a Angra dos Reis verificar a situação, embora estivesse descansando em sua casa há poucos quilômetros da área.

Marcio Marques
O prefeito Eduardo Paes, esteve no local do deslizamento no Morro dos Prazeres

    Leia tudo sobre: chuvasdeslizamentoeduardo paesniteróirio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG