http://ultimosegundo.ig.com.br///fotoshow/2010/04/08/ressaca_no_rio_683889.htmlVeja a galeria de fotos da ressaca no Riohttp://ultimosegundo.ig.com.br///fotoshow/2010/04/08/ressaca_no_rio_683889.html" / http://ultimosegundo.ig.com.br///fotoshow/2010/04/08/ressaca_no_rio_683889.htmlVeja a galeria de fotos da ressaca no Riohttp://ultimosegundo.ig.com.br///fotoshow/2010/04/08/ressaca_no_rio_683889.html" /

Ciclone extratropical provoca ressaca gigante no Sudeste

O deslocamento de uma frente fria associado à formação de um ciclone extratropical provoca, até o fim da semana, ondas gigantes tanto em alto-mar como na costa de diversas cidades litorâneas da região Sudeste do País. http://ultimosegundo.ig.com.br///fotoshow/2010/04/08/ressaca_no_rio_683889.html target=_blankhttp://ultimosegundo.ig.com.br///fotoshow/2010/04/08/ressaca_no_rio_683889.htmlVeja a galeria de fotos da ressaca no Riohttp://ultimosegundo.ig.com.br///fotoshow/2010/04/08/ressaca_no_rio_683889.html

Nara Alves, iG São Paulo |

FuturaPress

as

Banhistas observam as ondas na praia de Ipanema, na zona sul do Rio

O ciclone provoca ventos capazes de gerar ondas acima de quatro metros de altura. De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o Inpe, o Rio de Janeiro será o Estado mais afetado pelo fenômeno entre hoje e amanhã. A forte ressaca atinge desde Laguna, em Santa Catarina, até Casimiro de Abreu, no litoral norte do Rio de Janeiro.

Na costa do Rio as ondas, que em geral chegam a 1,5 metro, podem passar dos três metros de altura e invadir a praia. Na parte oceânica, ondas acima de quatro metros. Por isso, a navegação precisa ser evitada, diz a pesquisadora de oceanografia do Inpe Rosio Camayo. O mesmo alerta foi emitido pelo Centro de Hidrografia da Marinha, que recomenda que embarcações pequenas não saiam dos seus locais.

Por causa das ondulações e da maré alta, a linha da concessionária Barcas S/A que liga Niterói à capital fluminense, Charitas-Praça 15, teve as viagens suspensas na manhã de hoje. Segundo a Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária, a Infraero, por conta da ressaca as águas da Baía de Guanabara chegaram à Avenida Sylvio Noronha, no acesso à Escola Naval, centro da cidade.

Reprodução/Ricosurf
asd
Ondas de 2m a 2,5m em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo

O mar vai continuar agitado em toda região Sudeste até sábado, segundo o Inpe. O pico máximo é entre hoje e amanhã. No sábado, se propaga para região Nordeste, para Bahia, Pernambuco e Sergipe. No Sudeste, continua agitado, mas menos intenso. No domingo, a tendência é diminuir nas duas regiões, diz Rosio Camyo. 

A Climatempo prevê mais chuvas na capital fluminense nesta quinta-feira. O volume de chuva, segundo a Climatempo, não é elevado, mas, como o solo ainda está muito encharcado, as pancadas de intensidade fraca a moderada que ainda atingem o Grande Rio podem provocar novos deslizamentos de terra.

Veja também:

Saiba mais sobre: chuvas

    Leia tudo sobre: chuvachuvasciclonedeslizamentodeslizamento de terraondasressacario de janeirosudeste

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG