CGU vai apurar denúncias contra Romeu Tuma Júnior

A Controladoria-Geral da União decidiu apurar as denúncias que mostram ligações entre o secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, e a máfia chinesa. Segundo a CGU, na última sexta-feira foram solicitadas informações ao ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, sobre as providências já adotadas em relação ao caso.

iG São Paulo |

A Controladoria-Geral da União decidiu apurar as denúncias que mostram ligações entre o secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, e a máfia chinesa. Segundo a CGU, na última sexta-feira foram solicitadas informações ao ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, sobre as providências já adotadas em relação ao caso.

O órgão pediu, por exemplo, os relatórios e as informações que o Ministério tenha sobre as acusações envolvendo Tuma Júnior. "Essa é a primeira providência cabível no caso, uma vez que, de acordo com as normas legais em vigor, cabe primeiramente ao ministério onde teriam ocorrido os fatos a instauração de qualquer medida apuratória de caráter administrativo disciplinar", informou a CGU.

Em nota, o presidente do órgão, Jorge Hage afirmou que "a CGU está aguardando a manifestação do ministro da Justiça, que tem a competência originária para o caso e que certamente está avaliando as medidas mais adequadas".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG