CCJ aprova foto e impressão digital no titulo de eleitor

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara aprovou hoje proposta que determina a inclusão de foto e impressão digital nos títulos eleitorais e o recadastramento de todo o eleitorado brasileiro no prazo de dois anos após a vigência da lei, para a troca dos títulos pelo novo modelo. O projeto precisa ser apreciado ainda pelo plenário e pelo Senado.

iG São Paulo |

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara aprovou hoje proposta que determina a inclusão de foto e impressão digital nos títulos eleitorais e o recadastramento de todo o eleitorado brasileiro no prazo de dois anos após a vigência da lei, para a troca dos títulos pelo novo modelo. O projeto precisa ser apreciado ainda pelo plenário e pelo Senado.

Pela proposta, o título de eleitor também deverá conter os seguintes dados de identificação: data de nascimento, filiação, o número do CPF e o número da carteira de identidade expedida pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), além da impressão digital. Para o autor da proposta, deputado Chico Lopes (PCdoB-CE), a colocação da fotografia do eleitor contribuirá para diminuir o número de fraudes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG