Senhas e fura-fila para ver o júri do caso Isabella

Um bolinho de mulheres inquietas aguarda nos primeiros lugares da fila para assistir ao julgamento do casal Nardoni, que começou ontem no Fórum de Santana, zona norte de São Paulo. Elas esperam pela distribuição de senhas e já há controvérsia sobre a ordem de chegada.

Agência Estado |

Fala-se em "furonas de fila": "Eu acho que a justiça tem de começar do lado de fora do tribunal", afirma a estudante de Psicologia Uiara Correa da Silva, de 29 anos, que diz estar ali desde as 8h30.

Uma das suspeitas de querer passar na frente é a estudante de Direito Paula Quirino, de 27 anos, grávida de sete meses. "O artigo 5º da Constituição diz que eu tenho precedência. Mas eu não vou criar confusão", diz Paula. O artigo 5º versa sobre os direitos de todos os cidadãos; o das grávidas está em algumas leis municipais e estaduais (e não há nada específico com relação a filas para pegar senhas em tribunais).

Paula diz que, em sua faculdade, assistir ao julgamento vale por 40 horas de aula ("o semestre tem 50"). "Posso convalidar as aulas, entende?", diz ela, piscando um olho. "Mas eu não estou aqui só por isso, lógico."

São cerca de 50 pessoas na espera, mas, até o 23º colocado, só há mulheres. Uma moça loira toda de branco distribui camisetas com a imagem de Isabella; ela não quer se identificar, mas, comenta-se, é a namorada de Felipe Oliveira, irmão da mãe de Isabella. É mesmo? "Eu tenho direito de não responder", diz ela.

O começo do julgamento estava marcado para as 13 horas, mas são 15 horas e não há garantia de que todos vão entrar. A comerciante Lucimeire Nappo, de 42 anos, quinto lugar na fila, desliga o celular dizendo que falou com Andréa, "a secretária do juiz" (Maurício Fossen). "A Andréa tá descendo daqui a pouco com as senhas", anuncia Lucimeire que, logo, se torna uma espécie de porta-voz informal do meritíssimo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: nardoni

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG