Pai de Alexandre Nardoni visita filho na prisão e fala em anulação de julgamento

Alexandre Nardoni, condenado na madrugada do último sábado pela morte da filha Isabella, recebeu na manhã deste domingo a primeira visita desde o fim do julgamento. O pai de Alexandre, Antônio Nardoni, e a mãe, Maria Aparecida, entraram rapidamente no presídio de Tremembé, no interior de São Paulo, carregando três sacolas e uma caixa com frutas e legumes.

Agência Estado |


Clique aqui para ver o infográfico

Perguntado sobre o resultado do julgamento, Antônio disse aos jornalistas: "Vocês (imprensa) estavam lá, viram tudo. Infelizmente, vocês têm uma opinião e eu tenho a minha". E completou sobre a definição da pena: "O julgamento é com a defesa, a pena já estava dosada há dois anos".

Ele demonstrou ter alguma esperança em uma possível anulação do julgamento. "Neste país é difícil acreditar em alguma coisa, mas continuamos acreditando".

Na unidade carcerária feminina onde Anna Carolina Jatobá, madrasta da menina e mulher de Alexandre, está presa não havia movimentação até o fim da manhã deste domingo.

Após cinco dias de júri, Alexandre Nardoni foi condenado a 31 anos, 1 mês e 10 dias de prisão e Anna Carolina Jatobá, madrasta de Isabella, a 26 anos e 8 meses. A defesa do casal já recorreu da sentença.

Morte de Isabella

Isabella Nardoni foi assassinada em 29 de março de 2008. Segundo a Justiça, ela foi jogada da janela do 6º do Edifício London por Alexandre Nardoni. Antes, sofreu esganadura por Anna Carolina Jatobá. A menina tinha, na época dos fatos, 5 anos.

Veja fotos que marcaram o caso Isabella Nardoni

Infográfico: cronologia e versões do caso

Leia mais sobre: caso Nardoni

    Leia tudo sobre: isabella nardoni

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG