permanecerá à disposição da Justiça a pedido do advogado Roberto Podval, que defende o casal Alexandre Nardoni e Anna Jatobá. Assim como no primeiro dia, quando depôs como testemunha da acusação, ela não poderá voltar para casa e terá de ficar incomunicável. Nesta terça-feira, ela compareceu ao tribunal." / permanecerá à disposição da Justiça a pedido do advogado Roberto Podval, que defende o casal Alexandre Nardoni e Anna Jatobá. Assim como no primeiro dia, quando depôs como testemunha da acusação, ela não poderá voltar para casa e terá de ficar incomunicável. Nesta terça-feira, ela compareceu ao tribunal." /

Mãe de Isabella e delegada ficam à disposição da Justiça

Pelo segundo dia consecutivo, Ana Carolina Oliveira, mãe de Isabella Nardoni, http://ultimosegundo.ig.com.br/casoisabellanardoni/2010/03/23/nao+posso+colocar+em+risco+a+defesa+dos+reus+diz+podval+sobre+confinamento+de+mae+de+isabella+9436394.htmlpermanecerá à disposição da Justiça a pedido do advogado Roberto Podval, que defende o casal Alexandre Nardoni e Anna Jatobá. Assim como no primeiro dia, quando depôs como testemunha da acusação, ela não poderá voltar para casa e terá de ficar incomunicável. Nesta terça-feira, ela compareceu ao tribunal.

Matheus Pichonelli, iG São Paulo |


Clique aqui para ver o infográfico

Criticado por não ter liberado a mãe da criança assassinada, Podval afirma que não pode dispensá-la porque ainda pretende ouvi-la, e se defendeu, dizendo que quem a arrolou como testemunha foi a própria acusação.

Além de Oliveira, outra testemunha permanece à disposição da Justiça, a delegada Renata Helena Silva Pontes, que em depoimento nesta terça-feira afirmou ter 100% de certeza de que o casal é culpado da morte da menina. Ela também fica à disposição da Justiça, e não poderá voltar para casa. O local onde a mãe de Isabella e a delegada devem passar a noite não foi divulgado.

Leia também:


    Leia tudo sobre: isabella nardoni

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG