Juiz rejeita pedido de nova perícia

O juiz Maurício Fossen negou nesta segunda-feira mais um pedido da defesa do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá para adiar a sessão do julgamento. A defesa requereu ao juiz uma perícia mais detalhada do local do crime.

Agência Estado |


Clique aqui para ver o infográfico

Ao todo, já foram negados aos réus 12 pedidos de adiamento nas três instâncias da Justiça, 11 deles impetrados por meio de pedido de habeas corpus. O casal é acusado de matar a menina Isabella Nardoni, filha de Alexandre, no dia 29 de março de 2008.

O júri que vai decidir se o casal é inocente ou culpado é composto por quatro mulheres e três homens. Das 40 pessoas que foram convocadas pela Justiça para o sorteio do júri, 28 compareceram ao Fórum de Santana, em São Paulo. Na escolha dos jurados, dois deles foram recusados: uma mulher pelo Ministério Público e outra pela defesa dos réus. O sorteio aconteceu às 15h40 e durou cerca de nove minutos.

O juiz determinou uma parada de meia hora para que os jurados almocem, uma vez que estão de jejum desde o início da manhã. A previsão é de que o julgamento seja retomado com a leitura das peças do processo.

Das testemunhas arroladas pela defesa - 17 no total -, os advogados do casal desistiram de seis. A assistente de acusação, Cristina Leite, abriu mão do depoimento da avó materna de Isabella, Rosa Cunha de Oliveira. Foi arrolada ainda como testemunha pelo Ministério Público a mãe da garota, Ana Carolina Oliveira.

    Leia tudo sobre: nardoni

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG