Universos burlesco e religioso são premiados

Federação Internacional de Críticos de Cinema e júri ecumênico divulgam seus filmes preferidos do Festival de Cannes 2010

Mariane Morisawa, enviada especial a Cannes |

Tournée , de Mathieu Amalric, levou o prêmio concedido pela Fipresci (Federação Internacional de Críticos de Cinema), anunciado na tarde deste sábado (22). No filme dirigido pelo ator de O Escafandro e a Borboleta , um produtor leva seu show de novo burlesco para seu país, a França, e tenta se reconciliar com seu passado e as pessoas que fazem parte dele. O grande destaque da produção são as artistas norte-americanas do novo burlesco que Amalric juntou em seu filme.

Já o júri ecumênico, que premia filmes de fundo humanitário, escolheu Des Hommes et Des Dieux , de Xavier Beauvois, como o melhor da competição do 63o Festival de Cannes. A eleição é óbvia. O longa-metragem mostra o cotidiano de frades que se dão bem com muçulmanos numa Argélia tumultuada. Eles decidem ficar ao lado do povo e são sacrificados depois de sequestrados por um grupo armado.

    Leia tudo sobre: Festival de Cannes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG