Hideo Nakata mostra ciberespaço sinistro

Diretor japonês fala de bullying cibernético em produção inglesa

Mariane Morisawa, enviada especial a Cannes |

Divulgação
O ator Aaron Johnson interpreta um jovem britânico frustrado no longa-metragem Chatroom
A fila que se formou na frente da sala Debussy, sede oficial da mostra Um Certo Olhar, no Festival de Cannes, deu ideia da popularidade do diretor Hideo Nakata, que apresenta seu Chatroom na seção.

Se em O Chamado o videocassete tinha um papel fundamental na trama, nesta produção inglesa são as salas de bate-papo na internet. O adolescente William (Aaron Johnson, o inglês do momento, que protagoniza Kick Ass – Quebrando Todas ) cria uma sala chamada Chelsea Girls. Reúne três outros jovens: Jim (Matthew Beard, de Educação), Eva (Imogen Poots) e Emily (Hannah Murray).

Ao mesmo tempo em que criam personas para sua vida virtual, também abrem seus medos e inseguranças para os outros. Assim, todos ficam sabendo que Jim foi abandonado pelo pai em pleno passeio pelo zoológico. William, ele próprio frustrado, inseguro e cheio de problemas com os pais, vê na vida online a chance de ser um líder – para o mal.

Nakata disse que se inspirou em casos que aconteceram no Japão, como uma garota que contratou um homem para matá-la online e uma pessoa que, depois de descobrir como se matar com um produto de limpeza, postou na internet e ajudou a morte de 26 pessoas. William também pratica uma espécie de bullying, tão comum na Inglaterra, só que cibernético. Até uns bullies brasileiros aparecem na produção.

A forma de encenar essa vida online é engenhosa. Um corredor de uma espécie de hotel colorido, frequentado por gente dos mais diversos tipos, com várias portas. Atrás de cada uma fica uma sala de chat. Dentro dela, cada um dos jovens pode exercer a personalidade que quiser – a transformação de William é evidente. Os jovens atores, especialmente Johnson e Beard, dão conta da tarefa. O visual é pop, mas Chatroom é sinistro e opressor.

    Leia tudo sobre: ChatroomHideo Nakata

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG