Cinema latino ganha espaço de promoção em Cannes

Atividade paralela ao festival discute maneiras de divulgar o trabalho de países como Brasil, México, Argentina e Chile

EFE |

Como fazer com que os filmes latinoamericanos sejam visto tanto dentro quanto fora de cada país é o desafio que enfrentam os organismos de promoção da indústria cinematográfica, assunto que os reuniu em Cannes, explicaram à Agência Efe seus representantes. Um trabalho que desenvolvem no "Mercado do Cinema", uma atividade paralela ao Festival de Cannes.

Das discussões participaram diversos países da região, como Brasil, Argentina e México, com indústrias consolidadas, mas também outros que dão agora os primeiros passos, como o Chile. "Nosso cinema é um cinema de exportação porque estamos trabalhando com histórias universais, com um relato que fala de nós mesmos, mas que é compreensível em qualquer parte do mundo", disse Sérgio Gândara, diretor-executivo de "Cinema Chile", escritório de promoção da atividade no país.

O Mercado do Cinema de Cannes representa um ponto de encontro internacional para os profissionais da indústria cinematográfica.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG