Bernardo Bertolucci retorna ao cinema com "Io e Te"

Sem grandes ambições e fora de competição, diretor italiano conta nova história entre irmãos

Mariane Morisawa, enviada especial a Cannes |

Em 2011, Bernardo Bertolucci emocionou a plateia em Cannes ao ser homenageado e dizer que não tinha nada para falar, porque estava sem filme novo. Pois nove anos depois de “Os Sonhadores” e um problema de saúde que o deixou permanentemente em cadeira de rodas, o diretor italiano apresenta “Io e Te” fora de competição no Festival de Cannes 2012 .

Divulgação
Tea Falco e Jacopo Olmo Antinori em "Io e Te", de Bernardo Bertolucci
Mais uma vez, é uma história de irmãos, baseada num romance de Nicola Ammaniti. O introvertido adolescente Lorenzo (Jacopo Olmo Antinori) esconde-se do mundo sempre que pode. Mente para os pais que vai numa excursão de esqui para se esconder no porão do prédio onde a família mora.

Acesse o especial de Cannes

Lá, ele recebe a visita da meio-irmã Olivia (Tea Falco), envolvida com drogas. Os dois restabelecem uma relação perdida há tempos, criando um mundo particular.

É um filme pequeno, sem grandes ambições e o deslumbramento de obras anteriores, mas um bem-vindo retorno desse diretor fundamental para o cinema mundial.

Leia também: "Achei que não faria mais filmes", confessa Bernardo Bertolucci em 2011

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG