Cacá Diegues será presidente do júri do prêmio Câmera de Ouro

Diretor brasileiro vai comandar escolha do melhor longa de diretor estreante em Cannes

iG São Paulo com EFE |

Getty Images
O diretor Cacá Diegues em Cannes, em 2010
O cineasta brasileiro Cacá Diegues presidirá no Festival de Cannes 2012 o júri do prêmio Câmera de Ouro ("Caméra d'or"), destinado ao melhor filme de um diretor estreante exibido em qualquer seção do evento, oficial ou paralelo. O ganhador será conhecido no dia 27 de maio, encerramento do festival.

Já ocuparam antes o posto profissionais como Gael García Bernal, o diretor sul-coreano Bong Joon-Ho e o cineasta iraniano Abbas Kiarostami. O prêmio Caméra d'or foi entregue pela primeira vez em 1978. No ano passado, o vencedor foi o argentino "Las Acacias", longa de estreia Pablo Giogelli, exibido na Semana da Crítica.

Siga o iG Cultura no Twitter

Em 2012 aspiram ao prêmio 22 longas-metragens de diferentes seções da Seleção Oficial (competição, fora de competição, Um Certo Olhar), assim como das duas mostras paralelas de Cannes (Semana da Crítica e Quinzena dos Realizadores).

Acompanharão Cacá Diegues no júri a jornalista italiana do "Il Messaggero" Gloria Satta, os representantes da associação francesa de diretores de fotografia, Rémy Chevrin, e da Federação de Indústrias do Cinema, Hervé Icovic. Completam a lista o representante da sociedade de produtores de filmes, Michel Andrieu, e do sindicato francês de críticos de cinema, Francis Gavelle.

O diretor brasileiro esteve em Cannes 2010, acompanhando a exibição de "Cinco Vezes Favela - Agora Por Nós Mesmos" e integrando o júri da mostra Cinefondation, dedicada a produções universitárias (posto ocupado este por Karim Aïnouz ). Além do júri do Caméra d'or, Diegues vai exibir a cópia restaurada de "Xica da Silva", que integra a homenagem ao cinema brasileiro, convidado de honra de Cannes 2012 .

    Leia tudo sobre: festival de cannescacá diegues

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG