"Na Estrada", de Walter Salles, briga pela Palma de Ouro em Cannes; veja lista

Filmado nos EUA, novo trabalho do diretor brasileiro é selecionado para a competição oficial

iG São Paulo com agências |

Marcos Pacheco/Divulgação
O cineasta Walter Salles: de volta a Cannes
O novo filme do diretor brasileiro Walter Salles, "Na Estrada - On the Road" , está entre os selecionados para disputar a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2012, entre 16 e 27 de maio. Além disso, o cinema brasileiro será o convidado de honra do evento : vários cineastas do país viajarão à França e está confirmada a exibição, fora de competição, de "A Música Segundo Tom Jobim" , documentário de Nelson Pereira dos Santos.

Siga o iG Cultura no Twitter

Baseado no livro "Pé na Estrada", um clássico da geração beat escrito por Jack Kerouac, "Na Estrada" conta a história de um aspirante a escritor que atravessa os Estados Unidos pedindo carona, em busca de autoconhecimento e experiência.

O longa é estrelado por Sam Riley, que dá vida ao alter ego de Kerouac; Garrett Hedlund, no papel de Dean Moriarty, inspirado no escritor Neal Cassady; e Kristen Stewart, a estrela da saga "Crepúsculo", que interpreta a esposa de Moriarty. Ainda no elenco estão Kirsten Dunst, Viggo Mortensen, a brasileira Alice Braga e Elizabeth Moss.

Acesse o especial do Festival de Cannes

A 65ª edição de Cannes estará repleta de nomes que brilharam em outras edições do festival. O austríaco Michael Haneke, ganhador da Palma de Ouro por "A Fita Branca", participa com "Amour". Também concorrem o inglês Ken Loach ("The Angels' Share"), o israelense Abbas Kiarostami ("Like Someone in Love"), o romeno Cristian Mungiu ("Beyond the Hills") e David Cronenberg, que retorna ao universo da violência em "Cosmopolis", estrelado por Robert Pattinson (a outra estrela de "Crepúsculo"). 

Divulgação
Brad Pitt em "Killing Them Softly", filme de Andrew Dominik na competição
Hollywood, aliás, terá presença massiva em 2012. Brad Pitt comparece com “Killing Them Softly”, de Andrew Dominik; Shia LaBeouf participa com "Lawless", de John Hillcoat ("A Estrada"); Zac Efron, John Cusack e Nicole Kidman estão no elenco de "The Paperboy", novo filme de Lee Daniels ("Preciosa"); e Reese Witherspoon e Matthew McConaughey protagonizam "Mud", de Jeff Nichols ("O Abrigo - Take Shelter").

Só no filme de abertura do festival – "Moonrise Kingdom", de Wes Anderson – já são várias estrelas: Bruce Willis, Edward Norton, Bill Murray, Tilda Swinton, Harvey Keitel e Frances McDormand. Haja flashes.

Divulgação
Marilyn Monroe no cartaz da 65ª edição de Cannes
Três filmes franceses também foram selecionados: "Vous n'avez encore rien vu", de Alain Resnais, na ativa aos 90 anos; "De Rouille et D'Os", de Jacques Audiard ("O Profeta"), e "Holly Motors", de Leos Carax ("Os Amantes da Pont-Neuf").

O diretor mexicano Carlos Reygadas também foi selecionado e participará neste ano com seu filme "Post Tenebras". Hong Sangsoo, o famoso "Woody Allen da Coreia do Sul", exibe "In Another Country", enquanto o dinamarquês Thomas Vinterberg concorre com "The Hunt".

Na seção paralela Um Certo Olhar concorrem o argentino Pablo Trapero "Elefante Blanco", interpretado por Ricardo Darín, assim como o longa coletivo "7 Dias en la Habana", feito por Benicio del Toro, Julio Medem, Gaspar Noé e Elia Suleiman, entre outros diretores. Chamam a atenção também “Laurence Anyways”, do jovem realizador canadense Xavier Dolan , e a ficção científica "Antiviral", longa de estreia de Brandon Cronenberg, filho de David.

Fora de competição, há os novos trabalhos de Bernardo Bertolucci, o tailandês Apichatpong Weerasethakul ("Tio Boonmee, que pode recordar suas vidas passadas"), Fatih Akin e o norte-americano Philip Kaufman, que vai conduzir uma master class no evento. Está programada para a Cannes a première mundial da animação "Madagascar 3".

O cineasta italiano Nanni Moretti ( "Habemus Papam" ) vai presidir o júri oficial da 65ª edição do evento. O diretor e roteirista brasileiro Karim Aïnouz vai integrar o júri de curtas-metragens e da mostra Cinéfondation, dedicada a produções universitárias.

nullVeja abaixo a lista dos filmes selecionados para o Festival de Cannes 2012.

Competição oficial
"Moonrise Kingdom", de Wes Anderson
“De Rouille et D'Os”, de Jacques Audiard
“Holy Motors”, de Leo Carax
“Cosmopolis”, de David Cronenberg
“The Paperboy”, de Lee Daniels
“Killing Them Softly”, de Andrew Dominik
“Reality”, de Matteo Garrone
“Amour (Love)”, de Michael Haneke
“Lawless”, de John Hillcoat
“In Another Country”, de Hong Sangsoo
“The Taste of Money”, de Im Sang-soo
“Like Someone in Love”, de Abbas Kiarostami
“The Angels' Share”, de Ken Loach
“In the Fog”, de Sergei Loznitsa
“Beyond the Hills”, de Cristian Mungiu
“After the Battle”, de Yousry Nasrallah
“Mud”, de Jeff Nichols
“Vous N'Avez Encore Rien Vu”, de Alains Resnais
“Post Tenebras Lux”, de Carlos Reygadas
“Na Estrada – On the Road”, de Walter Salles
“Paradise: Love”, de Ulrich Seidl
“The Hunt”, de Thomas Vinterberg

Mostra Um Certo Olhar (“Un Certain Regard”)
“Miss Lovely”, de Ashim Ahluwalia
“La Playa”, de Juan Andrés Arango
“God’s Horses”, de Nabil Ayouch
“Trois Mondes”, de Catherine Corsini
“Antiviral”, de Brandon Cronenberg
“7 Dias en La Habana”, de Benicio Del Toro, Pablo Trapero, Julio Medem, Elia suleiman, Juan Carlos Tabio, Gaspar Noe e Laurent Cantet
“Le Grand Soir”, de Benoit Delépine e Gustave Kervern
“Laurence Anyways”, de Xavier Dolan
“Despues de Lucia”, de Michel Franco
“Aimer À Perdre La Raison”, de Joachim Lafosse
“Student”, de Darezhan Omirbayev
“The Pirogue”, de Moussa Toure
“Elefante Blanco”, de Pablo Trapero
“Confession of a Child of the Century”, de Sylvie Verheyde
“11.25 The Day He Chose His Own Fate”, de Koji Wakamatsu
“Mystery”, de Lou Ye
“Beasts of the Southern Wild”, de Benh Zeitlin

Fora de competição e sessões especiais
“Yo e Te”, de Bernardo Bertolucci
“Madagascar 3”, de Eric Darnell e Tom McGrath
“Hemingway & Gellhorn”, de Philip Kaufman
“Dario Argento’s Dracula”, de Dario Argento
“Ai To Makoto”, de Takashi Miike
“Polluting Paradise”, de Fatih Akin
“Roman Polanski: A Film Memoir”, de Laurent Bouzereau
“The Central Park Five”, de Ken Burns, Sarah Burns, David Mcmahon
“Les Invisibles”, de Sébastien Lifshitz
“Journal de France”, de Claudine Nougaret e Raymond Depardon
“A Música Segundo Tom Jobim”, de Nelson Pereira dos Santos
“Villegas”, de Gonzalo Tobal
“Mekong Hotel”, de Apichatpong Weerasethakul

    Leia tudo sobre: cannesfestival de canneswalter sallesna estradaon the road

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG