Candidato a governador é impugnado pela Justiça no Maranhão

Marcos Igreja (PCB) não apresentou documentação referente a afastamento do serviço público estadual, segundo tribunal regional

Wilson Lima, iG Maranhão |

O candidato ao governo maranhense Marcos Igreja (PCB), teve seu registro de candidatura cassado hoje pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA). Ele foi impugnado por falta de comprovação de desincompatibilização de cargo.

De forma unânime, o TRE acolheu a argumentação do Ministério Público Eleitoral contrária ao deferimento da candidatura de Igreja. O candidato é servidor público estadual e não conseguiu comprovar por meio de documentos o seu afastamento para disputar a eleição. "O documento apresentado por Marcos Antonio de Paiva Igreja para comprovar a sua desincompatibilização do cargo público não se mostra idôneo, uma vez que não contém qualquer registro de protocolo ou de recibo", declarou José Carlos Sousa e Silva, relator do processo.

O coordenador da campanha de Marcos Igreja, Joberval Bertholdo, afirmou que o partido irá recorrer da decisão. Amanhã, haverá uma reunião com Igreja e a direção do PCB para discutir o assunto. "Não podemos compactuar com a injustiça", declarou Bertholdo. "As eleições, já sabemos, é um jogo de cartas marcadas. Agora, não vamos compactuar com isso", complementou. Nesta terça-feira, existe a possibilidade de que a impugnação de Jackson Lago (PDT) seja julgada. Na quarta, a de Roseana Sarney também deve ser julgada pelo TRE maranhense.

    Leia tudo sobre: eleiçõesmaranhãoimpugnação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG