Câmara de Goiânia rejeita manobra pró-Pedro Wilson

Candidatura ao Senado do petista está ameaçada após a rejeição de suas contas

Pedro Palazzo, iG Goiânia |

Os vereadores de Goiânia deram um passo a mais na intenção de barrar a candidatura do ex-prefeito e deputado federal Pedro Wilson (PT) ao Senado.

Por quatro votos a dois a comissão de Finanças rejeitou hoje a sugestão de devolução das contas de Wilson, como prefeito da Capital em 2003, ao Tribunal de Contas do Município (TCM). A proposta havia sido feita por seu colega de partido, deputado Djalma Araújo.

O ex-prefeito entrou com recurso no TCM para que os balancetes sejam reavaliados.

Com a derrota na comissão, resta a Wilson a votação da proposta no Plenário na Câmara, prevista para  a próxima terça-feira (17). Se perder, o petista poderá ficar impedido de concorrer. Sua assessoria jurídica divulgou nota em que considera a decisão da Câmara uma “violação ao direito de ampla defesa”.

Além desse problema, Pedro Wilson ainda enfrenta um pedido de impugnação de sua candidatura no TRE-GO pelo mesmo motivo.

Durante a semana, assessores do candidato têm enviado e-mails a autoridades dos poderes Legislativo e o Judiciário, visando sensibilizá-las para sua causa.

    Leia tudo sobre: Eleições GOEleições Pedro Wilson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG