Em dinheiro de hoje, Brasília custaria US$ 83 bilhões

Valor equivale a quase seis vezes o que o Brasil pretende investir nos Jogos Olímpicos de 2016

iG Brasília |

US$ 1,5 bilhão. Este é o cálculo mais aceito para o custo total da construção de Brasília. Foi feito pelo economista Eugênio Gudin, ministro da Fazenda de Café Filho. Atualizado esse valor, se Brasília fosse construída hoje, teriam sido gastos cerca de US$ 83 bilhões. Quase seis vezes o que o Brasil pretende investir nos Jogos Olímpicos de 2016.

AE
Congresso Nacional

Da inauguração para cá, nestes 50 anos muita coisa mudou na capital do país. Os 66 alunos do ensino médio transformaram-se em mais de 64 mil. Nas ruas, onde 24 ônibus serviam à população, passam agora 8,1 mil coletivos.

Eram 232 operários no dia 1° de novembro de 1956 com a missão de construir a cidade em cerca de três anos e meio. Esse número passou para mais de três mil em fevereiro de 1957. E, em julho daquele ano, 12,7 mil já residiam no canteiro de obras então batizado como "Cidade Livre", hoje transformado numa cidade satélite, quase um bairro de Brasília: o Núcleo Bandeirante.

No início de 1959, um ano antes da inauguração, 30 mil trabalhadores atuavam diretamente nas obras. Mas a população total da futura capital alcançava os 60 mil habitantes. E, no dia de sua inauguração, cerca de 140 mil pessoas já residiam na cidade.

Hoje, são mais de 2,6 milhões de habitantes nesta que já é uma "metrópole nacional", status que divide com São Paulo e Rio de Janeiro segundo a classificação da rede urbana brasileira elaborada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Na última contagem realizada pelo IBGE, em 2009, a cidade figurou como a quarta maior do país. Junto com Anápolis (139 km) e Goiânia (209 km), ela compõe o eixo Goiânia-Anápolis-Brasília, a região mais desenvolvida do Centro-Oeste brasileiro.

E o Centro-Oeste tornou-se o corredor de desenvolvimento mais promissor do país no momento, ligando a capacidade produtiva da região Sul às riquezas naturais da região Norte. Na prática, a realização do sonho de interiorização do desenvolvimento, nascido antes mesmo da Independência do Brasil.

    Leia tudo sobre: 50 anos50 anos brasília

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG