Zuanazzi pediu proteção para ir à audiência, diz Perillo

O presidente da Comissão de Infra-Estrutura do Senado, Marconi Perillo (PSDB-GO), informou hoje que o ex-diretor da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) Milton Zuanazzi solicitou à Casa proteção física para participar da audiência pública que será realizada amanhã. Na reunião, Zuanazzi e outras três pessoas irão prestar depoimento sobre supostas irregularidades na venda da Varig, que envolveriam, inclusive, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Agência Estado |

O senador informou que encaminhou requerimento à polícia do Senado pedindo proteção a Zuanazzi e também à ex-diretora da Anac Denise Abreu, que alegou que levaria para a reunião documentos importantes. Denise temia que tais documentos fossem extraviados. Marconi Perillo informou que também telefonou ao presidente da TAM, Davi Peroni, para que tomasse providências com a segurança de Denise Abreu durante o seu embarque em São Paulo e desembarque em Brasília.

Além de Denise Abreu e Zuanazzi, estão confirmadas as participações do também ex-diretor Leur Lomanto e do ex-procurador geral da Anac João Ilídio de Lima Filho. O juiz Luiz Roberto Ayoub, que presidiu o processo da compra da Varig, comunicou que não irá à Comissão. Perillo disse que não há horário definido para que a reunião termine. Segundo ele, a intenção é ouvir individualmente cada um dos depoentes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG