Zoghbi ajudou servidores em ação contra o Senado

Um ato do ex-diretor de Recursos Humanos João Carlos Zoghbi poderá causar ao Senado uma despesa adicional hoje difícil de estimar, mas que somente na primeira tacada deve passar de R$ 15 milhões.

Congresso em Foco |

No dia 10 de novembro de 2006, muito antes de ser envolvido em denúncias que o afastaram do cargo e o transformaram em alvo de inquérito , Zoghbi forneceu uma declaração aparentemente singela. Em um burocratês de difícil compreensão para mortais comuns, descreveu os índices de reajuste aplicados pelo Senado desde janeiro de 2002 a um dos principais adicionais que integram a remuneração dos funcionários da Casa, o adicional de padrão legislativo, mais conhecido como PL.

Leia a reportagem completa no Congresso em Foco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG