Zagueiro do Santos defende Kléber Pereira e Fábio Costa

Um dia depois do árbitro Elmo Alves Resende Cunha anunciar que vai processar o atacante Kléber Pereira, o zagueiro Adaílton saiu em defesa do artilheiro do Santos, que insinuou o favorecimento do Vasco pelo árbitro, em troca de dinheiro, na partida do domingo. Ele não pode ser punido porque falou aquilo de cabeça quente, declarou Adaílton, que culpou o jornalista que entrevistou Pereira quando o Santos saía de campo.

Agência Estado |

"O repórter perguntou uma vez e ele respondeu. Perguntou a segunda e ele respondeu. Na terceira vez, teve que estourar", explicou.

Adaílton também rebateu a acusação de que o goleiro Fábio Costa criticou o bandeirinha da partida com palavras de baixo calão. "Eu estava muito perto do Fábio Costa e posso afirmar que ele não falou aquilo ('auxiliarzinho de m...')", testemunhou o zagueiro.

O atleta contou que a arbitragem foi um dos assuntos discutidos na reunião dos jogadores, na terça-feira, no CT Rei Pelé. "Vamos deixar a cargo da direção falar sobre juízes porque, por causa de qualquer declaração fora do normal, a gente é punida", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG