Yoko Ono ganha batalha legal por direitos de imagens de John Lennon

A viúva de John Lennon, Yoko Ono, ganhou um processo contra uma associação de colecionadores que disputava com ela os direitos de autoria sobre vídeos em que o ex-Beatle aparece fumando maconha e compondo.

AFP |

A decisão de reconhecer os direitos de autor para Ono foi adotada na semana passada por uma corte do distrito de Boston (Massachusetts, nordeste), revelou nesta quarta-feira Jonathan Albano, advogado que a representou no caso.

Albano, no entanto, não esclareceu se as imagens serão algum dia divulgadas pela viúva do músico. "Nossa cliente está muito satisfeita por ter vencido o julgamento", disse.

O processo entre representantes de Yoko Ono e da World Wide Video, um consórcio de colecionadores de objetos vinculados aos Beatles com sede em Massachusetts, teve início no ano passado.

Algumas das imagens em questão mostram Lennon, morto em 1980, fumando maconha, especulando sobre a ideia de colocar LSD no chá do presidente Richard Nixon e compondo músicas como "Remember" e "Mind Games".

A World Wide Video afirmava ter comprado os direitos sobre os vídeos do primeiro marido de Ono, Anthony Cox, que os filmou em 1970.

Segundo Ray Thomas, produtor executivo da World Wide Video que começou o processo legal, "John Lennon - 3 dias na vida" imortaliza um momento histórico na vida do artista "intimamente e sem barreiras".

"Nosso filme permite que uma nova geração compartilhe junto com aqueles que viveram essa época um olhar profundo e penetrante sobre as diferentes facetas do homem que estabeleceu novos padrões na arte, na música, na moda e na políica", argumentou Thomas perante a justiça.

str/ltl/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG