Yeda Crusius acaba com conselho e exonera marido

Ao extinguir o Conselho Estadual de Comunicação Social, a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), exonerou o próprio marido, Carlos Crusius. O conselho havia sido criado por decreto no início do governo.

Agência Estado |

Dois de seus integrantes, Paulo Fona e Isara Marques, já haviam sido exonerados. Na sexta-feira, o Diário Oficial trouxe decreto que o extinguiu definitivamente.

Na quinta-feira, o marido da governadora, que é economista, demonstrou irritação, numa reunião do primeiro escalão, por não ter conhecimento de estudo feito por uma empresa de consultoria contratada para reforçar a imagem e as marcas do governo. A governadora interrompeu sua reclamação e deu seguimento à reunião. O incidente foi revelado pelo jornal Correio do Povo. A atuação de Carlos Crusius no conselho não era remunerada. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG