Warner Music retira do YouTube os vídeos de todos os seus artistas

A empresa americana Warner Music pediu ao portal de imagens YouTube (Google) que retire todos os vídeos de seus artistas do ar após o bloqueio das negociações sobre o acordo de licença entre ambos, afirmou neste domingo o jornal Financial Times.

AFP |

Esta decisão afetará potencialmente a difusão de milhões de vídeos, pois não supõe apenas a retirada dos produtos da Warner Music Group como também de todas as criações de internautas que utilizam conteúdos sob licença.

"Estamos trabalhando ativamente para encontrar uma solução com o YouTube para que devolvam os conteúdos de nossos artistas no portal internet", indicou o porta-voz da Warner Music ao jornal econômico.

"Até então, simplesmente não podemos aceitar modalidades financeiras que não recompensam suficientemente os artistas, autores, marcas e editores que fornecem conteúdos", acrescentou o porta-voz.

Por sua vez, os responsáveis do YouTube indicaram em seu blog que, "apesar de seus constantes esforços para conseguir acordos de licença com diferentes gravadoras, nem sempre é possível manter os acordos".

"Às vezes não conseguimos fechar acordo sobre condições financeiras aceitáveis e temos que nos separar de sócios prestigiosos", acrescentou.

aa/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG