NOVA YORK ¿ Os responsáveis pelo Walt Disney Family Museum apresentaram hoje em Nova York os detalhes do que, a partir do próximo dia 1º de outubro, será o primeiro museu dedicado integralmente à vida e obra do criador de Mickey Mouse.

O museu ficará em três prédios históricos do Presídio de San Francisco, que é parte da Área Recreativa Nacional Golden Gate, e contará com dez galerias, um teatro, um grande pavilhão para shows e um centro de formação.

"Será mostrada uma visão completa de sua vida, seus sucessos e seus fracassos, e será feito no centro mundial da animação, em San Francisco", explicou o fundador e diretor do museu, Richard Benefield, em coletiva de imprensa em Nova York.

O investimento aproximado no projeto supera a casa dos US$ 110 milhões. Benefield disse que nos dois primeiros anos está prevista uma afluência de 450 mil pessoas ao ano, um número que depois poderia se estabilizar em torno dos 350 mil visitantes anuais.

"Também pensamos nos visitantes que não falam inglês e, embora seria impossível traduzir as mais de quatro horas e meia que temos de depoimentos, previmos a elaboração de guias em espanhol, assim como em mandarim e japonês, que estarão disponíveis na internet", explicou Benefield.

Segundo seus impulsores, a ideia é lançar luz sobre a vida de uma das pessoas mais conhecidas do mundo, mas não tanto devido a sua biografia, mas pela marca.

Leia mais sobre: Walt Disney

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.