selo verde para seus produtos - Brasil - iG" /

Wal-Mart lança selo verde para seus produtos

A rede de supermercados Wal-Mart está pedindo a seus fornecedores nos Estados Unidos que calculem os custos ambientais da produção de seus bens. A empresa pretende converter os dados em classificações verdes que vão, no futuro, acompanhar os preços dos produtos da rede, de camisetas a televisores.

Agência Estado |

A decisão da maior varejista do mundo em aderir aos selos verdes é a medida mais audaciosa da empresa até agora e tem o potencial de redefinir o desenho dos produtos vendidos ao redor do mundo, ou se tornar uma cara medida inútil. Esforços pioneiros semelhantes para levar informações ambientais a consumidores têm se mostrado controversos e até mesmo alguns especialistas reclamam que o resultado da "tagarelice ecológica" é de pouco uso prático.

"Eu prevejo o dia em que, olhando para uma roupa, você vire uma etiqueta e fique sabendo o quanto sustentável ela é", disse o diretor de comércio do Wal-Mart, John Fleming. "Vai ser como os rótulos com informações nutricionais de hoje em dia. Mas precisamos de algum tipo de padronização".

A rede Wal-Mart está tomando a medida como uma forma de se antecipar às prováveis regras ambientais do governo dos Estados Unidos - exigências similares já estão surgindo na Grã-Bretanha e no Japão - e estabelecer um padrão em termos favoráveis que o varejo possa adotar para comunicar o tipo de bens "verdes" que eles vendem, segundo informações de pessoas próximas aos planos da empresa.

O Wal-Mart vai lançar formalmente o projeto na quinta-feira ao pedir a milhares de fornecedores que respondam, até outubro, a 15 questões relativamente simples para avaliar as consequência de seus processos de manufatura em área como a utilização da água e emissões de dióxido de carbono.

Os consumidores não devem ver os resultados dessa iniciativa nos próximos anos, segundo funcionários da empresa e especialistas externos envolvidos no processo. Ainda não está definido como os selos serão ou exatamente que tipo de informação que eles vão apresentar.

O objetivo é construir um índice de sustentabilidade abrangente, que meça o impacto ambiental de todos os produtos vendidos pelo Wal-Mart, o quanto eles contribuem para o aquecimento global, se são feitos com produtos químicos tóxicos ou se contêm madeira ilegal, por exemplo. As informações são da Dow Jones.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG