Waldick Soriano morre de câncer no Rio aos 75 anos

RIO DE JANEIRO - O cantor Waldick Soriano morreu aos 75 anos no Instituto Nacional do Câncer (Inca), em Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira.

Redação com Agência Estado |

Reprodução
O cantor morreu nesta quinta-feira
Internado na Unidade de Cuidados Paliativos do Inca desde o dia 31 de agosto por causa de um câncer de próstata, descoberto há mais de dois anos, ele estava em coma e respirava com ajuda de aparelhos. O cantor já vinha recebendo atendimento domiciliar desde maio.

Nascido em Caetité, no sertão da Bahia, Waldick tinha mais de 40 anos de carreira e entre os seus sucessos do gênero brega estão "Eu não sou cachorro, não" e "Tortura de amor", regravada por Fagner. Antes de se tornar cantor, ele chegou a ser peão, motorista de caminhão e garimpeiro.

No ano passado, o cantor voltou aos holofotes e lançou CD e DVD "Waldick Soriano Ao Vivo", embalado no documentário dirigido pela atriz Patrícia Pillar, "Waldick, Sempre no Meu Coração", sobre sua vida.

Leia mais sobre: Waldick Soriano

    Leia tudo sobre: waldick soriano

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG