Vote nos melhores do cinema em 2009

Chega o fim do ano e as listas de melhores e piores surgem para todo lado. Críticos e jornalistas parecem fazer fila para decretar os destaques do cinema: melhores atores, melhores atrizes, as grandes produções.

Guss de Lucca, iG São Paulo |

Certo de que nada é mais batido do que o conteúdo dessas listas, o iG propôs algo diferente: escolhendo o grande acontecimento do ano em oito categorias pouco usuais, você vai nos ajudar a apontar o que aconteceu de melhor e de pior na safra 2009. Vote.

Veja todos os vídeos do Melhor do cinema em 2009 na TViG

Sex Symbol

Robert Pattinson - "A Saga Crepúsculo: Lua Nova"
Megan Fox - "Transformers 2: A Vingança dos Derrotados"
Marisa Tomei - "O Lutador"

No ano em que os vampiros estiveram em alta na TV e no cinema, nenhum arrancou mais suspiros do que Edward Cullen, o vampiro bonzinho interpretado pelo ator Robert Pattinson na saga "Crepúsculo", que reapareceu para disputar sua Bella com um lobisomem em "Lua Nova".

Enquanto as meninas gritavam por Edward, os meninos não conseguiram deixar de comentar sobre o "shortinho" utilizado por Megan Fox no filme "Transformers 2: A Vingança dos Derrotados" - que chega a eclipsar as dezenas de robôs que se digladiam na tela.

Por fim, não deu para ignorar a atuação - e o físico - da quarentona Marisa Tomei em "O Lutador", no qual ela interpreta uma stripper que não fica devendo nada para suas colegas mais novas.


Melhor sex symbol
Marisa Tomei - O Lutador

Megan Fox - Transformers 2

Robert Pattinson - Lua Nova



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica

Galã Fofo

Robert Pattinson - "A Saga Crepúsculo: Lua Nova"
Joseph Gordon-Levitt ¿ "500 Dias com Ela"
James Franco - "Milk - A Voz da Igualdade"

Além de concorrer como Sex Symbol, o ator Robert Pattinson não poderia ficar de fora da categoria de Galã Fofo. Isso porque Edward, o famoso vampiro de "A Saga Crepúsculo: Lua Nova", abre mão do amor de sua vida unicamente para preservá-la dos perigos que ele e sua família vampiresca oferecem aos mortais.

Joseph Gordon-Levitt, em "500 Dias com Ela", interpreta um criador de cartões comemorativos que encontra a mulher de sua vida - mas ela, infelizmente, não acredita no amor. Que garota não daria um mundo para poder abraçá-lo no final da projeção?

O último da nossa lista é o homossexual vivido por James Franco no drama "Milk - A Voz da Igualdade". No longa, a personagem de Franco sempre zela pelo bem estar do amado, o ativista gay interpretado por Sean Penn, mesmo depois do fim da relação.. Uma rara prova de amor e amizade.


Galã fofo
Robert Pattinson - Lua Nova

Joseph Gordon-Levitt ¿ 500 Dias com Ela

James Franco - Milk - A Voz da Igualdade



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica

Melhor Vilão

Christoph Waltz - "Bastardos Inglórios"
Christoph Waltz - "Bastardos Inglórios"
Christoph Waltz - "Bastardos Inglórios"

O oficial nazista interpretado magistralmente por Christoph Waltz é sem dúvida o melhor vilão a dar as caras nos cinemas em 2009. Como se explica o fato de que as cenas mais violentas de um filme com pessoas tendo seus escalpos removidos são as protagonizadas por uma personagem que apenas... fala?!

Para provar que o coronel Hans Landa merece estar nas três opções desta categoria, elencamos as três cenas mais pesadas de "Bastardos Inglórios": o interrogatório com o fazendeiro francês no início do filme, o papo amigável com a proprietária judia de um cinema francês e a "palavrinha" a sós com a atriz alemã Bridget von Hammersmark.

Um detalhe importante sobre as cenas: duas delas terminam com os antagonistas do coronel chorando feito bebês e a outra... bem, a outra acaba com a única demonstração de violência física do oficial nazista em todo o longa.


Melhor vilão
Christoph Waltz - Bastados Inglórios - cena do chalé

Christoph Waltz - Bastados Inglórios - cena do restaurante

Christoph Waltz - Bastados Inglórios - cena do estrangulamento



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica

Melhor Perseguição

Fuga da Escócia num Bentley Continental GT Speed - "Juízo Final"
Ginórmica patina de carros pela cidade - "Monstros vs. Alienígenas"
Opinião pública contra Wilson Simonal - "Simonal - Ninguém Sabe o Duro que eu Dei"

A primeira grande cena de perseguição exibida nos cinemas brasileiros foi a fuga dos personagens bonzinhos em "Juízo Final": a oficial interpretada por Rhona Mitra tenta escapar de um bando de punks montados em carros velhos cheios de espetos num belo Bentley Continental GT Speed - que atravessa até um ônibus no processo.

Outra incrível perseguição foi a protagonizada pela personagem Ginórmica em "Monstros vs. Alienígenas". No momento em que a Terra é atacada por um robô alienígena gigante, a mulher de 15 metros calça dois carros como se fossem patins e corre pelas ruas da cidade desviando dos demais automóveis.

Porém, não houve perseguição igual àquela sofrida pelo músico Wilson Simonal no documentário "Simonal - Ninguém Sabe o Duro que eu Dei". O cantor não foi apenas deixado de lado pela opinião pública e classe artística, mas acabou apagado da história da música brasileira por conta da trapalhada envolvendo o seu contador e policiais do DOPS.


Melhor perseguição
Juízo Final

Monstros vs Alienígenas

Simonal - Ninguém Sabe o Duro que Eu Dei



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica

Melhor Figurino

Audrey Tautou - "Coco Antes de Chanel"
Sacha Baron Cohen - "Brüno"
Penélope Cruz - "Abraços Partidos"

É quase que impossível não citar na lista de melhores figurinos de 2009 a cinebiografia da estilista Coco Chanel, "Coco Antes de Chanel". Nela a atriz Audrey Tautou interpreta simplesmente a criadora do "pretinho básico", um clássico contemporâneo.

Outra produção ligada à moda, porém de maneira nada elegante, é "Brüno". No filme, o comediante Sacha Baron Cohen usa algumas das roupas mais estranhas já vistas nos cinemas, numa paródia impagável dos desastres fashion.

Os figurinos do novo longa de Pedro Almodóvar, "Abraços Partidos", são estrelas, realçando ainda mais o talento e a beleza de Penélope Cruz, vista em diversos modelos que lembram Audrey Hepburn ou Marylin Monroe. Trinta e oito anos depois da morte de Coco Chanel, Penélope usa modelos da Maison Chanel, desenhados por Karl Lagerfeld. Lagerfeld queria a atriz espanhola como intérprete da estilista.


Melhor figurino
Audrey Tautou - Coco Antes de Chanel

Sacha Baron Cohen - Brüno

Penélope Cruz - Abraços Partidos



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica

Melhor Briga

Jeffrey Dean Morgan vs. figura misteriosa - "Watchmen"
Mickey Rourke vs. Dylan Keith Summers - "O Lutador"
Alison Lohman vs. Lorna Raver - "Arraste-me Para o Inferno"

Uma das melhores coreografias de brigas do ano foi sem a dúvida a que abre o longa-metragem "Watchmen", onde o super-herói Comediante apanha feio de uma figura misteriosa, com direito a paredes quebrando e facas sendo arremessadas - tudo ao som de Frank Sinatra.

Já a coreografia da luta entre Mickey Rourke e Dylan Keith Summers em "O Lutador" impressiona pela crueza. Num ringue de luta-livre as personagens usam arame farpado, pedaços de madeira, blocos de vidro e até um inacreditável grampeador.

E, para fechar a trinca, uma briga entre duas mulheres, mais precisamente a jovem interpretada por Alison Lohman e a bruxa esquisita de "Arraste-me Para o Inferno", papel da veterana Lorna Raver. Ambas conseguem se atracar dentro de um carro e usar itens de maquiagem como armas - além de protagonizar algumas das mordidas mais nojentas do cinema.


Melhor briga
Arraste-me para o Inferno

O Lutador

Watchmen



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica

Melhor Diálogo

Christoph Waltz e Denis Menochet - "Bastardos Inglórios"
Clint Eastwood e jovens arruaceiros - "Gran Torino"
Mickey Rourke e Marisa Tomei - "O Lutador"

Concorrente único na categoria de Melhor Vilão, o coronel Hans Landa, personagem de Christoph Waltz em "Bastardos Inglórios", volta a ganhar destaque graças ao diálogo que protagoniza no início do filme, fazendo um barbado lenhador francês chorar feito um bebê. São dez minutos de tirar o fôlego, numa mistura de ironia, canalhice e humor negro.

Outro diálogo que merece destaque é o do velho rabugento Walt Kowalski em "Gran Torino". A cena em questão envolve três rapazes negros ameaçando uma garota oriental na rua. Para dar conta do recado, a voz roufenha de Clint Eastwood se impõe, terminando numa ameaça de disparo com os dedos da mão ¿ uma espécie de mímica sinistra do seu clássico personagem Dirty Harry

Mais  light que os diálogos acima é o de Mickey Rourke e Marisa Tomei em "O Lutador", num momento em que o rock farofa oitentista de Def Leppard e Motley Crue é celebrado enquanto Kurt Cobain, ícone do movimento grunge, é criticado com um tom de tristeza e melancolia.


Melhor diálogo
Bastardos Inglórios

Gran Torino

O Lutador



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica

Troféu Tanquinho

Taylor Lautner - "A Saga Crepúsculo: Lua Nova"
Hugh Jackman ¿ "X-Men Origens: Wolverine"
Ryan Reynolds ¿ "A Proposta"

Se o vampiro interpretado por Robert Pattinson na saga "Crepúsculo" já havia arrancado suspiros das moças por seu jeito galante, o que dizer do lobisomem vivido por Taylor Lautner em "Lua Nova"? Ele pode não ficar com Bella, mas com certeza supera o vampirão Edward no quesito tanquinho.

Outro tórax que já havia ganhado o respeito das moças é o do ator australiano Hugh Jackman, que só confirmou seu favoritismo em "X-Men Origens: Wolverine". Novamente o galã conseguiu atrair o público feminino para um dos filmes mais nerds do ano - façanha respeitável.

Encerrando a trinca de tanquinhos do ano está o do personagem de Ryan Reynolds na comédia romântica "A Proposta". Realmente não houve maneira da chefe megera interpretada por Sandra Bullock resistir à barriguinha sarada de seu funcionário - principalmente ao ter que dividir a cama com ele no período da manhã.


Troféu tanquinho
Taylor Lautner - Lua Nova

Hugh Jackman ¿ X-Men Origens: Wolverine

Ryan Reynolds ¿ A Proposta



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica

Melhor Momento Constrangedor

Samuel L. Jackson lutando com Gabriel Macht - "The Spirit - O Filme"
A transformação do capataz Hugh Jackman - "Austrália"
Christian Bale surtando no set - "O Exterminador do Futuro 4 - A Salvação"

Como ocorre em todos os anos, em 2009 alguns filmes conseguiram registrar momentos de muito constrangimento, como, por exemplo, "The Spirit - O Filme". Nele o vilão interpretado por Samuel L. Jackson entra numa briga que beira o ridículo. Nela, o adversário Gabriel Macht é atingido por um vaso sanitário.

Outro momento constrangedor ocorreu em "Austrália", pseudo-épico estrelado por Hugh Jackman, que de capataz sujo da fazendo transforma-se do dia para a noite em galã de baile. Se a categoria fosse Produção Mais Constrangedora, o longa de Baz Luhrmann seria barbada.

O terceiro momento constrangedor acabou não indo para as telas. Ele ocorreu durante as filmagens de "O Exterminador do Futuro 4 - A Salvação", quando Christian Bale surtou ao ser desconcentrado pela presença de um iluminador no set de filmagens. Os urros do ator viraram hit na internet e garantiram o lugar do filme na lista.


Melhor momento constrangedor
Austrália

O Exterminador do Futuro 4 - A Salvação

The Spirit - O Filme



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG