Votação de adesão da Venezuela fica para o dia 11

O líder do DEM no Senado, senador José Agripino Maia (RN), disse que o protocolo de adesão da Venezuela no Mercosul será votado apenas na próxima semana em plenário. Segundo Agripino, o acordo foi articulado entre o líder do PSDB, Arthur Virgílio (PSDB-AM), que negociou em nome da oposição, com o líder do governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Agência Estado |

Agripino disse, porém, que se a base aliada insistir em votar o protocolo ainda esta semana, quebrando assim o acordo, a oposição poderá obstruir as votações em plenário. A pauta está trancada pela Medida Provisória 468. A medida determina que a Caixa Econômica Federal deverá concentrar todos os depósitos judiciais e extrajudiciais de tributos federais que estão em outros bancos.

O vice-líder do governo, senador Gim Argello (PTB-DF), também confirmou o acordo para votar o projeto de inclusão da Venezuela no bloco do Cone Sul apenas no dia 11 deste mês. "Se existe este acordo, não iremos quebrar", disse o senador. "Além disso, por causa do feriado de Finados, o quórum está baixo e a pauta está trancada por uma Medida Provisória. O melhor mesmo é deixar o protocolo do Mercosul para a próxima semana", acrescentou.

De acordo com Agripino, a oposição tentará derrubar o projeto em plenário. Na semana passada, em votação na Comissão de Relações Exteriores, o relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), contrário ao ingresso da Venezuela no Mercosul, foi rejeitado em detrimento ao voto em separado do líder do governo, Romero Jucá, favorável a entrada daquele país no bloco.

Gim Argello diz acreditar, no entanto, que a base aliada tem votos suficientes para aprovar o projeto. Segundo ele, mesmo adiando a votação para a próxima semana, a oposição não terá tempo de reverter o cenário. "Temos uma margem de segurança boa", disse.

O ingresso da Venezuela no bloco foi aprovado pela Argentina e pelo Uruguai, porém o protocolo também precisa ser referendado pelo Paraguai, que adiou a votação para 2010, quando o Brasil já tiver encerrado o debate.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG