Voo 447: submarino francês chega ao local das buscas

O submarino nuclear francês Emeraude chegou hoje à região onde são feitas as busca aos corpos e destroços da aeronave da Air France que fazia o voo 447. O objetivo é usar o equipamento para encontrar as caixas-pretas do avião, fundamentais para se determinar as causas do acidente.

Agência Estado |

O submarino vasculhará 35 quilômetros quadrados por dia, usando um sonar para buscar os equipamentos, informou o porta-voz das Forças Armadas francesas, Christophe Prazuck. Segundo ele, o trabalho é uma corrida contra o tempo, pois a luminosidade emitida pelas caixas-pretas começará a diminuir após 30 dias do acidente, ocorrido no dia 31.

Além do submarino Emeraude, há um modelo menor, o Nautile, que pode vasculhar o leito oceânico e foi importante na busca pelos destroços do Titanic. "Será complicado e precisaremos de muita sorte" para encontrar as caixas-pretas, admitiu Prazuck, em entrevista à rádio "France-Info". O avião partiu do Rio de Janeiro e seguiria até Paris com 228 pessoas bordo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG