Voo 447: promotoria de Paris investiga homicídio culposo

A promotoria de Paris informou hoje que abriu uma investigação por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) para o caso do desaparecimento do Airbus 330 da Air France, que fazia o voo 447. A aeronave saiu domingo do Rio de Janeiro com destino à capital francesa com 228 pessoas a bordo.

Agência Estado |

Segundo a promotoria, a medida é um procedimento padrão tomado pelas autoridades em casos semelhantes.

O escritório da promotoria informou que abriu o caso porque alguns dos passageiros franceses viviam em Paris. A promotoria não deu nenhuma indicação de que exista crime no caso. A Agência Francesa de Investigação de Acidentes também conduz uma investigação sobre o desaparecimento do Airbus 330.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG