Voo 447: famílias e comando militar se reúnem em PE

O grupo de familiares das vítimas do voo 447 desembarcou hoje no Recife para uma reunião com o Comando de Operações Militar da Marinha e Aeronáutica no Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta) III. Após o encontro, o capitão de Fragata Giucemar Tabosa, do Centro de Comunicação da Marinha, informou que os familiares decidiram não falar com a imprensa hoje.

Agência Estado |

Eles irão levar as informações apresentadas na reunião para uma avaliação dos demais familiares no Rio de Janeiro.

Os parentes das vítimas do Airbus assistiram a uma exposição sobre a operação de busca por destroços da aeronave da Air France e suas dificuldades. Após um lanche, eles irão visitar a Base Aérea, onde devem retornar no início da tarde para a capital fluminense. Segundo o capitão Giucemar, o encontro foi proveitoso e positivo, porque eles puderam conhecer em detalhes os esforços e dificuldades enfrentadas pelas equipes que trabalham no resgate.

A aeronave da Air France desapareceu com 228 pessoas a bordo. De acordo com a companhia e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), 58 brasileiros embarcaram no avião. O último contato do Airbus ocorreu às 23h14 de domingo. Na terça-feira, o Ministério da Defesa brasileiro confirmou o acidente com base em destroços encontrados próximo à costa do País. Porém, ontem, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo da Aeronáutica (Decea) informou que os fragmentos resgatados do mar durante as buscas não pertencem ao Airbus desaparecido.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG