Voo 447: começa a pré-identificação de 25 corpos

Oito peritos da Polícia Federal e Polícia civil de Pernambuco iniciaram hoje pela manhã o trabalho de pré-identificação dos outros 25 corpos de vítimas do voo 447 da Air France. Os corpos foram transportados em duas etapas.

Agência Estado |

Doze deles foram trasladados na primeira viagem e os outros 13 numa segunda etapa - o que levou cerca de seis horas. A fragata trouxe os corpos da área de buscas, a cerca de 850 quilômetros de Fernando de Noronha, a até 40 quilômetros do arquipélago, onde eles foram içados pelo helicóptero e levados para o arquipélago.

A estimativa do comando da operação é que os primeiros 12 corpos devem seguir no sábado, dia 13, para o IML do Recife, para conclusão da identificação e exames que visam a indicar as causas das mortes. Os outros 13 corpos só devem chegar ao Recife no domingo à tarde ou segunda-feira pela manhã.

A previsão de término da pré-identificação teve como base o tempo despendido na pré-identificação dos primeiros 16 corpos, que demorou mais que o estimado. A princípio, a Polícia Federal havia calculado um máximo de 24 horas para o trabalho nos 16 corpos. Este tempo foi excedido em quase um dia e eles só foram levados para o Recife, em um contêiner refrigerado, às 21h10 de ontem (10).

Os 25 corpos passam pelo mesmo processo já realizado nos primeiros 16 - coleta de impressões digitais ou de material genético para exame de DNA. Também é realizada a catalogação de roupas e eventuais objetos que estejam com os corpos, o que pode ajudar no reconhecimento por familiares.

A aeronave da Air France desapareceu no Oceano Atlântico com 228 pessoas a bordo durante o trajeto Rio de Janeiro-Paris.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG