Volume de lixo nas rodovias aumenta 20% nas férias

Todos os meses, as concessionárias que administram 4,3 mil quilômetros da malha rodoviária paulista retiram cerca de 900 caminhões cheios de lixo das estradas. O levantamento foi realizado pela Agência Reguladora de Transporte (Artesp) a pedido do Grupo Estado.

Agência Estado |

Nesta época do ano, por causa das férias, o volume de lixo recolhido aumenta em 20%.

A média mensal de detritos retirados das estradas pela concessionária, que administra as rodovias Anchieta e Imigrantes, é de 147 toneladas - 30% a mais do que dois anos atrás. De acordo com a concessionária Ecovias, o perfil de quem suja as rodovias mudou nesse período. Antes, 60% da sujeira era depositada por moradores de comunidades próximas. Hoje, a maior parte do lixo é jogada por ocupantes de veículos.

O acúmulo de lixo aumenta o risco de acidentes, obstrui a drenagem das rodovias e coloca animais em risco, pois são atraídos pelo odor de restos de comida. Em 2006, eram 120 animais mortos por mês no Sistema Anchieta-Imigrantes. Hoje são 190, dos quais 80% cães. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG