Volta a chover em SC e resgates são suspensos

Voltou a chover forte ontem em toda a região de Navegantes e no Morro do Baú, uma das áreas que ainda sofrem deslizamentos na região do Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Todas as operações de resgate de corpos estão suspensas, já que os helicópteros da Força Aérea foram proibidos de pousar na área de cerca de 100 quilômetros quadrados.

Agência Estado |

Policiais militares, bombeiros, soldados do Exército, pilotos, membros da Força Nacional e seis cães farejadores permanecem de prontidão no Aeroporto de Navegantes e nas bases montadas em Ilhota e Gaspar. À tarde, houve falta de energia em duas ocasiões.

Pelo menos 19 pessoas estão desaparecidas na área, segundo a Defesa Civil. Uma única operação de emergência foi montada para buscar desabrigados que permaneciam no Alto do Baú, uma região que continua isolada e que sofreu com vários novos desmoronamentos na tarde de anteontem e na manhã de ontem. Cerca de 60 pessoas conseguiram ser resgatadas. Elas esperavam por socorro urgente, sem comunicação, sem eletricidade e sem água potável. Pode haver mais pessoas em risco na região, à espera e ajuda.

As chuvas já provocaram 110 mortes. A Defesa Civil estima que muitos corpos ainda se mantenham sob as barreiras de terra que deslizaram das encostas. Cerca de 98% das mortes foram por soterramento. Pelo menos 78.707 pessoas continuam desabrigadas ou desalojadas. Ilhota é o município com o maior número de mortes: 37. Depois vêm Blumenau (24), Gaspar (15) e Jaraguá do Sul (13). Catorze cidades estão em estado de calamidade pública. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG